Blog   Segurança do Trabalho   23 de agosto de 2021

Risco Elétrico: Como garantir a segurança em casa?

Tempo de Leitura: 4 minutos
Risco elétrico

O Risco Elétrico é um perigo que está escondido em muitos ambientes. E não só durante as atividades profissionais, não! Dentro da nossa casa também existem diversos focos que podem se tornar perigosos se não forem tomados os cuidados certos. 

Diariamente, são diversos casos de acidentes envolvendo choques elétricos no Brasil inteiro. Problemas que, muitas vezes, poderiam ter sido evitados de maneira simples caso houvesse conhecimento de algumas medidas básicas de segurança.

Como aqui na Prometal EPIs nós prezamos pela proteção, seja ela em casa ou no trabalho, decidimos escrever este artigo sobre o assunto. Aqui você vai encontrar dicas preciosas para evitar o risco elétrico em casa, além de dados sobre os acidentes envolvendo energia elétrica no Brasil nos últimos anos.

Você vai perceber que este é um problema que assola todos os brasileiros e que, infelizmente, os dados vêm piorando ano após ano. No entanto, se aplicarmos as dicas simples do final do artigo, podemos começar a mudar este índice. 

Boa leitura!

Entendendo melhor o Risco Elétrico

O risco elétrico pode ser muito prejudicial à nossa saúde, podendo gerar queimaduras, paralisias musculares ou até mesmo levar à morte em certos casos. Isso ocorre porque o nosso corpo não possui nenhuma barreira contra correntes elétricas, então acabamos sofrendo danos dependendo da intensidade do choque.

Por isso, é muito importante ressaltar que um choque elétrico pode ocorrer sempre quando o corpo encosta em:

  • Um fio positivo e negativo de um circuito elétrico;
  • Um fio energizado e um fio terra;
  • Objeto metálico (ou de outro material condutor) que esteja conduzindo corrente elétrica. 

A partir daí, ocorre o choque elétrico cuja intensidade irá depender de outros fatores, como: a taxa de fluxo da corrente através do corpo; tempo de duração da corrente; tamanho da área de contato; tensão elétrica; condições da pele; entre outros.

É importante ressaltar que um choque elétrico pode levar à morte e, nestes casos, pode ocorrer em questões de segundos. Por isso, todo cuidado é necessário. As mortes com choques elétricos são, geralmente, resultantes de:

  • Contração dos músculos peitorais, impedindo a respiração da vítima;
  • Paralisia temporária do sistema nervoso central, que pode desenvolver uma parada cardiorrespiratória;
  • Paradas cardíacas;
  • Destruição dos tecidos, nervos e músculos do coração, devido o alto calor provocado pela corrente elétrica;
  • Queimaduras de 3 e 4 graus. 

Lembrando que, mesmo que não cause a morte, o risco elétrico pode causar danos à saúde e segurança física da pessoa, seja ela um trabalhador ou na própria casa.

Dicas para Evitar o Risco Elétrico em Casa

Existem algumas dicas bem simples para fazermos em casa que ajudam e muito contra o risco elétrico. São elas:

  1. Procure não ficar descalço enquanto manuseia eletrodomésticos ou equipamentos elétricos. Chinelos com solado de borracha são uma ótima opção para choques de baixa intensidade.
  2. Mantenha equipamentos elétricos longe de áreas úmidas ou que contenham água, como pia, chuveiro, piscina, tanques, etc. 
  3. Não utilize o telefone celular quando estiver conectado à rede elétrica;
  4. Nos casos de chuveiros elétricos, não mexa na graduação de aquecimento enquanto ele estiver ligado e, em caso de manutenções, desligar sempre a rede elétrica e/ou chamar um profissional;
  5. Desligue os equipamentos das tomadas em caso de tempestades com descargas elétricas. Além de evitar curtos circuitos, poderá evitar que queimem;
  6. Faça manutenções e revisões periódicas na rede elétrica da casa, principalmente se for um imóvel antigo. Faça reparos, se preciso;
  7. Não deixe fios soltos ou mal fixados;
  8. Proteja as tomadas elétricas caso tenha crianças em casa;
  9. Evite “gambiarras”, como utilizar diversos Ts ou extensões em uma só tomada. Respeite a capacidade de cada uma;
  10. Verifique a possibilidade de instalar um Dispositivo Residual (DR) no quadro disjuntor da sua casa. O produto oferece proteção contra incêndio além de evitar certos tipos de choque. 

Seguindo cada uma dessas dicas, temos certeza que o risco elétrico será diminuído significativamente dentro de casa. Lembrando que é muito importante que todos tenham conhecimento para que a segurança seja efetiva. Portanto, converse com seus familiares.

Estatísticas de Acidentes Elétricos no Brasil

Infelizmente, as notícias não são boas quanto ao número de acidentes envolvendo a rede elétrica no Brasil. Há um crescimento considerável ano após ano que preocupa todas as autoridades. Desde 2013, somente no ano passado (2020) é que o número diminuiu.

 Os dados a seguir fazem parte do Anuário Estatístico Abracopel.

Veja o crescimento no número de acidentes através do gráfico abaixo. 

Como você pode ver, o número veio crescendo ano após ano e, em 2020, conseguimos diminuir o índice. De 1662 acidentes em 2019, passamos para 1505 no ano passado. Mesmo com a queda, os números ainda são preocupantes e merecem atenção.

Quanto ao ano de 2020, últimos dados aos quais temos acesso, destes 1505, 853 foram provenientes de choques elétricos. E o número de mortes, infelizmente, ficou em 764.

Como você pode ver, o Choque Elétrico e o Incêndio por Sobrecarga são os grandes vilões do risco elétrico em casa. Por este motivo, dicas como as que vimos acima são fundamentais de serem tomadas. 

Além disso, todo o cuidado e atenção no manuseio de produtos elétricos é de igual importância.

Uma última dica para evitar este risco em casa

Uma última dica para evitar o risco elétrico em casa é contar sempre com um especialista no assunto para resolver eventuais problemas. Muitos destes acidentes e óbitos que vimos acima poderiam ter sido evitados se houvesse mais cuidado e atenção.

É claro que se trata de uma fatalidade e muitas vezes não há o que possa ser feito. No entanto, é possível sim prevenir muitas situações desagradáveis. Portanto, em qualquer sinal de pane elétrica ou circuitos, chame um profissional qualificado.

Utilize sempre calçados de borracha, não use as mãos molhadas para ligar eletrônicos e não deixe crianças perto de tomadas desprotegidas. O cuidado deve partir de todos, e por isso toda informação é essencial neste momento.

Não vamos deixar com que os números subam novamente. Passe essa informação adiante. Vamos juntos levar a segurança e a proteção para dentro das nossas casas.

Precisando de EPIs para Risco Elétrico?

O melhor lugar é aqui! Aproveite as nossas condições exclusivas de negociação além das melhores marcas do mercado. Esperamos seu contato! 

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.