Blog   EPIs   23 de agosto de 2021

Luva de PU: Veja quando utilizar este EPI!

Tempo de Leitura: 4 minutos
Luva de PU

Os Equipamentos de Proteção Individual são itens indispensáveis para a segurança e proteção dos trabalhadores. Por este motivo, existem tantos modelos diferentes para cada segmento, e a Luva de PU é um ótimo exemplo. 

Em um ambiente de trabalho geralmente existem riscos que afetam a saúde e segurança física dos profissionais. Para evitar acidentes de trabalho e doenças ocupacionais existem as Medidas de Controle de Risco obrigatórias a serem tomadas.

Essas medidas vão desde a eliminação do risco até a atenuação do mesmo, e são determinadas pelas Normas Regulamentadoras. Como nem sempre o risco pode ser facilmente eliminado, é preciso criar barreiras para contê-lo. 

Dentre essas “barreiras” estão os EPIs, que são de extrema importância para evitar acidentes. No entanto, para que sejam de fato eficientes, é preciso que tenham sido escolhidos com responsabilidade e atenção aos mínimos detalhes.

Por este motivo, aqui na Prometal EPIs, nós investimos muito em disseminar informações pertinentes e especializadas. A fim de ajudar você a entender mais sobre os principais aspectos dos EPIs. No artigo de hoje, falaremos sobre a Luva de PU!

Você já ouviu falar nesse equipamento? Então fique ligado! 

O que é a Luva de PU?

A Luva de PU é um tipo de Luva de Segurança que utiliza o Poliuretano (PU) na sua composição. É considerada um Equipamento de Proteção Individual e, portanto, possui uso obrigatório em diversas atividades e áreas profissionais.

Pode também ser conhecida por muitos como Luva Multitato, ou Luva de Tato ou Luva Tátil. O motivo é que possui o objetivo único de oferecer proteção às mãos do usuário sem fazer com que o mesmo perca a habilidade tátil para desempenhar suas atividades.

Isso porque ela é confeccionada especialmente para aquelas atividades minuciosas e detalhadas, que exijam muita atenção e tato da parte do trabalhador. Também oferecem uma ótima “pega”, que não deixa o objeto escorregar das mãos do usuário. 

É fabricada geralmente em Poliamida ou algum tipo de Malha, e possui o revestimento de Poliuretano nas palmas das mãos e dedos (o que dá o nome de Luva de PU). Para que ofereça suas funcionalidades, o revestimento de PU nas palmas é bem mais fino do que a malha que a envolve, permitindo assim uma habilidade tátil incrível perto de outras luvas comuns. 

Importante ressaltar que esse tipo de luva deve ser utilizada para atividades secas, onde o profissional não tenha contato com líquidos ou umidade. Dessa forma, pode ser utilizada para o manuseio de ferramentas e objetos ou até mesmo para evitar sujidades. 

A Luva de PU não é a única Luva Multitato existente no mercado. Você também encontra este mesmo EPI mas com o revestimento de Nitrila. A diferença é que o revestimento nitrílico oferece proteção também a produtos químicos, então se torna uma melhor opção para atividades que envolvam este risco. 

Também existem as Luvas Multitato com proteção contra cortes, ou ainda com revestimento do tipo “foam”. Mas como neste artigo estamos dando foco para a Luva de PU, vamos continuar nesta linha.

Onde utilizar a Luva de PU?

A Luva de PU é recomendada para as mais diversas áreas profissionais, desde que seja necessária a combinação de proteção para as mãos com habilidade tátil. Havendo a iminência desses dois fatores, é possível que este modelo seja indicado.

Dessa forma, podemos dizer que é uma excelente opção para aquelas áreas que envolvem linhas de montagem industriais; manutenção de máquinas ou objetos secos; agricultura; serviços de carga e descarga; montagem e desmontagem; mecânica de precisão; entre outros.

Este produto pode ser lavável, porém, nunca esqueça de consultar as instruções de uso e conservação do produto. Por isso oferece uma excelente durabilidade e custo benefício, desde sejam seguidas as recomendações do fabricante. Para um maior conforto, existem as opções de Luva de PU sem costuras, já que algumas pessoas preferem desta forma.

Agora, é importante reforçar um adendo: lembre-se que para saber com certeza se o EPI é indicado para uma determinada atividade, deve-se levar em consideração todos os riscos do ambiente, e não somente um.

Por isso, é fundamental ter o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA sempre em dia e com todas as informações possíveis. Tendo a análise de riscos em mãos, é possível saber corretamente quais serão os equipamentos necessários para atenuar cada um dos agentes de risco. 

O que é o PPRA?

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA é um processo determinado pela NR 9 que tem o objetivo de prevenir Acidentes e Doenças Ocupacionais no ambiente de trabalho. Ele faz isso através de uma análise prévia e minuciosa do ambiente de trabalho bem como das atividades que serão desenvolvidas.

Após a análise prévia, são definidas as Medidas de Controle de Riscos que irão eliminar ou atenuar os riscos do local. Dessa forma, os trabalhadores podem desenvolver suas atividades com o menor impacto possível dos agentes de risco sobre sua integridade. 

Como mencionamos no início do texto, essas medidas são aplicadas: no próprio risco (através da eliminação); no ambiente de trabalho (através de ações de otimização do ambiente, como divisórias por exemplo); e no próprio trabalhador (através dos EPIs como a Luva de PU).

Essas medidas são tomadas seguindo uma hierarquia de controle, que exige que a ordem de aplicações das medidas seja essa: 

  1. No agente de risco; 
  2. No ambiente de trabalho; 
  3. No trabalhador.

Essa hierarquia é o que traz toda a importância dos Equipamentos de Proteção, que tornam-se a última das tentativas de amenização dos riscos. Por este motivo, são tão importantes de serem utilizados com responsabilidade.

Importância das Luvas de Segurança

Mãos, punhos e dedos estão entre as partes do corpo mais afetadas por acidentes de trabalho, segundo o Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho 2020. Cerca de 24% do total de acidentes envolvem essa parte do corpo que é tão sensível e ao mesmo tempo importante.

Nestes casos, a grande maioria dos acidentes foram registrados em companhias que oferecem prestação de serviço e, em segundo lugar, ficaram as indústrias. Como você pode ver, em pleno 2021 o número de acidentes ocupacionais ainda preocupa.

E dentre os principais motivos do número ser tão alto, estão:

  • Falta de EPIs;
  • Uso incorreto das Luvas de Segurança;
  • Imprudência;
  • Falta de conhecimento;
  • Falta de conscientização;
  • Desatenção;
  • Entre outros.

Problemas que poderiam ser facilmente evitados através de uma gestão de EPIs eficiente e treinamentos adequados para os trabalhadores.

Onde comprar Luva de PU?

O melhor lugar para comprar Luva de PU é em um departamento especializado em EPIs. Somente assim você encontrará as melhores marcas do mercado com as melhores condições de pagamento. 

Além disso, preze pelo atendimento especializado. Até porque, você pode precisar tirar dúvidas ou de uma orientação caso se sinta perdido para escolher o equipamento ideal. Aqui na Prometal EPIs nós oferecemos isso e muito mais.

Entre em contato!

Continue sua leitura com Checklist para a Gestão de EPIs

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.