Blog   Segurança do Trabalho   29 de dezembro de 2021

Marcenaria em Casa: 5 dicas para garantir a proteção!

Tempo de Leitura: 5 minutos
Marcenaria em Casa

Realizar qualquer tipo de marcenaria em casa é um trabalho que exige proteção, já que esta atividade envolve muitos riscos para quem executa. Nestes casos, os EPIs são tão necessários quanto se a atividade fosse realizada na oficina.

O interessante é que a cada dia que passa mais e mais pessoas estão entrando no mercado de trabalho. Essa notícia é ótima, no entanto, é preciso ter cuidado e muita informação, pois não é algo simples que é só sair fazendo. 

Se você deseja realizar esta atividade sozinho, é preciso seguir uma pequena série de fatores para evitar acidentes indesejados. Além disso, é sempre importante ter conhecimento sobre o trabalho antes de iniciar.

E mesmo se você já for marceneiro, os cuidados para realizar a atividade em casa devem ser os mesmos ou até maiores que durante o trabalho. Isso porque a marcenaria é uma atividade que recebe muitos adeptos dia após dia, mas o número de acidentes também aumenta se não houver precaução. 

Por isso, decidimos criar este artigo para colaborar com todos os profissionais que realizam a marcenaria em casa, para que tenham mais segurança em suas atividades. Então se você tiver dúvidas sobre este assunto, continue sua leitura que você irá gostar do conteúdo.

O que é a Marcenaria?

A marcenaria consiste em uma atividade de criação de objetos utilizando a madeira como matéria prima. Esses objetos podem ser desde artigos para decoração, obras de arte, como produtos maiores, como portas, janelas, cadeiras, camas, etc. 

Essa arte surgiu através da carpintaria, uma atividade responsável por realizar trabalhos em madeira também, porém em estado natural, bruto ou maciço. Geralmente, relacionado à construção civil, com o objetivo de lavrar ou emparelhar uma obra. 

Durante a atividade da marcenaria, o profissional também pode utilizar laminados de madeira para realizar os trabalhos. Alguns exemplos são: MDF, compensado, fórmica, aglomerado, folhas de madeira, entre outros.

É válido comentar que essa área está muito ligada ao trabalho artesanal, e não somente industrial. Mesmo que faça uso de maquinários e equipamentos mais arrojados, este é um profissional que lida muito com o trabalho manual. 

Quanto às ferramentas e equipamentos, geralmente são utilizados:

  • Serra circular;
  • Lixadeiras;
  • Tico-tico;
  • Desempenadeira;
  • Graminho;
  • Formão;
  • Tupias;
  • Plainas;
  • Serrotes;
  • Coletores de pó;
  • Entre outros.

Todas essas máquinas e ferramentas podem causar graves acidentes e até mesmo mutilações. Por este motivo, o cuidado com a segurança é imprescindível.

Riscos da Marcenaria

Os riscos envolvendo a prática da marcenaria são muitos, e bem graves. Isso se dá porque as ferramentas e máquinas utilizadas são extremamente cortantes, e se o trabalhador não estiver com a proteção certa, podem causar grandes acidentes.

Cortes, mutilações e perfurações de todos os tipos acontecem neste tipo de atividade, e estes não são os únicos riscos encontrados nesta profissão. Veja mais alguns: 

  • Agentes biológicos: a madeira  pode  conter  microrganismos como fungos e bactérias, além de conter muitas vezes toxinas na casca, que acabam gerando poeiras tóxicas; 
  • Queda de objetos: por trabalhar com cargas pesadas, uma queda de objeto pode significar esmagamento, mutilação, entre outros.
  • Riscos Ergonômicos: muito tempo em pé ou má postura são comuns na rotina deste trabalhador, o que pode causar problemas na coluna, estresse, etc;
  • Máquinas cortantes: podem causar cortes e mutilações na fração de segundos.
  • Ruídos: os ruídos das máquinas e equipamentos podem causar problemas auditivos futuros. É preciso proteger esta área.
  • Vibração: a vibração também pode trazer complicações à saúde. Nestes casos é preciso dar pausas durante a atividade a fim de se proteger. 

5 dicas para proteção durante a Marcenaria em Casa

1) Investir em conhecimento

Aqui na loja nós sempre gostamos de dizer que o primeiro passo para a segurança do trabalho é o conhecimento. Somente tendo noção de todos os riscos, bem como soluções para a atenuação ou eliminação dos mesmos é fundamental.

Portanto, o primeiro passo para proteção durante a marcenaria em casa é: busque informações antes de iniciar qualquer trabalho! Tenha certeza do que está fazendo e faça cada passo com atenção, seguindo as normas vigentes da área (veremos logo abaixo).

2) Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC)

Os equipamentos de proteção coletiva são muito importantes até mesmo durante a marcenaria em casa. Isso porque é preciso dispor de alguns equipamentos para utilizar em caso de necessidade. Veja alguns exemplos:

  • Sistema de detecção e combate a incêndios: muito importante para o trabalho com madeira;
  • Coifa protetora: material feito para proteger o trabalhador de encostar sem querer em uma lâmina, por exemplo;
  • Extintor de Incêndio: com água e CO2;
  • Indicação de saída de emergência;
  • Entre outros.

3) Equipamento de proteção individual (EPI)

Muitas vezes, os EPIs são negligenciados em uma empresa, e isso aumenta ainda  mais se tratando da marcenaria em casa. No entanto, eles são peça chave para a proteção do trabalhador, uma vez que ofereçam proteção em última instância. 

Assim sendo, entre os equipamentos utilizados nestes casos, então:

  • Avental de couro: para proteger o tronco do trabalhador contra estilhaços de madeira;
  • Botinas de Segurança, de preferência com biqueira de composite ou de aço;
  • Capacete de Segurança: para oferecer proteção contra quedas de objetos, estilhaços, etc;
  • Luvas Anti Corte: este equipamento é muito importante, pois pode evitar diversos tipos de acidentes nas mãos do trabalhador. No entanto, não recomenda-se as luvas do tipo malha de aço, principalmente nas atividades em que objetos possuem lâminas;
  • Óculos de Segurança: mesmo que não haja excesso de iluminação, é essencial a utilização do óculos de segurança para evitar que estilhaços ou poeiras sejam lançados contra os olhos;
  • Protetor Auricular: para proteção auditiva contra os ruídos das máquinas e equipamentos;
  • Respiradores: para evitar a inalação de contaminantes ou poeiras que possam causar danos à saúde do trabalhador.

A segurança do trabalho é assunto sério. No caso das marcenarias, ao investir nos equipamentos certos, sua empresa terá ainda mais credibilidade.

Os equipamentos de proteção individual devem ser usados diariamente e os funcionários da empresa devem ser orientados e treinados sobre como usá-los corretamente. 

4) Cuidados com os equipamentos

Todo o maquinário de uma marcenaria envolve riscos, como você já viu acima. Portanto, certifique-se de que elas estão em perfeitas condições de uso, sem apresentar defeitos ou problemas de funcionamento que poderiam gerar acidentes.

Realize as manutenções e revisões preventivas. Descarte equipamentos ou ferramentas que não funcionem mais da melhor forma. Não utilize colares, boné, pulseiras ou anéis durante a atividade, todos podem enganchar em uma máquina causando um problema.

Isole a área em que irá utilizar os equipamentos. Crie bancadas de trabalho com tudo que você pode precisar. Mantenha os produtos químicos em locais acondicionados, e lembre-se de intercalar pausas durante uma longa rotina de trabalho.

Limpe todo o maquinário após utilizar, para evitar muita poeira. 

5) Conheça as normas vigentes da área

Tudo que envolve a marcenaria, desde as atividades até mesmo os materiais, cuidados e etc são determinados pelas seguintes normas brasileiras:

  • NBR-14033: determina todas as dimensões dos móveis para cozinha e os métodos de ensaio para garantir a estabilidade e durabilidade desses itens;
  • NBR-14048: responsável por determinar normas para a montagem de ferragens e acessórios usados em móveis, como por exemplo os espelhos, gavetas e puxadores;
  • NBR-15164: relacionada aos móveis estofados como cadeiras e sofás. 
  • NR 6: norma regulamentadora responsável por determinar todas as obrigatoriedades quanto aos EPIs.

É muito importante observar quais normas fazem referência ao seu trabalho para que você possa segui-la. Lembre-se que o não cumprimento de qualquer legislação que faça referência à sua atividade pode acarretar em multas e processos judiciais.

EPIs para marcenaria em casa? É aqui!

Se o que você busca é conforto, praticidade e segurança na hora de realizar seu trabalho de marcenaria em casa, então você chegou ao lugar certo! Aqui na Prometal EPIs você garante todos os EPIs para marcenaria com as melhores condições de pagamento.

Além disso, oferecemos as melhores marcas do mercado e um atendimento especializado para orientar você em caso de dúvidas. Nós somos a Prometal EPIs, o seu parceiro na luta pela Segurança do Trabalho.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.