Blog   Segurança do Trabalho   22 de novembro de 2022

Como proteger o trabalhador em situações de Vibração Ocupacional?

Tempo de Leitura: 6 minutos

Quando é identificada a situação de vibração ocupacional, torna-se necessário que a empresa forneça a proteção necessária, para que o profissional atue com conforto, eficiência e esteja bem protegido contra este risco.

Isso só ocorre após uma análise específica pois, geralmente, demanda equipamentos bem específicos para que a incidência da vibração possa ser medida/quantificada.

A constante exposição à vibração ocupacional pode, inclusive, fazer com que a empresa precise pagar ao funcionário um adicional de insalubridade.

É essencial que a empresa forneça todo o equipamento adequado para que o profissional tenha uma rotina de trabalho confortável e segura.

Nós vamos te explicar com mais detalhes como proteger o trabalhador em situação de vibração ocupacional adequadamente. Visando proporcionar um ambiente de trabalho adequado, motivacional e saudável.

Afinal, a proteção é fundamental para que o profissional trabalhe com seu máximo rendimento durante todo o expediente.

O que pode ser feito para controlar a exposição do trabalhador à vibração?

Algumas medidas são importantes para que seja possível controlar a exposição da equipe à vibração, como:

  • Disponibilizar equipamentos de proteção individual e orientar o uso adequado;
  • Escolher os equipamentos de acordo com as diretrizes e ergonomia do trabalho que cada profissional desempenha;
  • Realizar a manutenção periódica de máquinas e equipamentos, para minimizar a vibração;
  • Treinar a equipe sobre o correto uso dos equipamentos visando minimizar a vibração;
  • Limitar o tempo e a intensidade de exposição de cada profissional.

Essas são apenas algumas das principais alternativas para minimizar o controle de exposição dos profissionais a vibração. Possibilitando que a equipe esteja corretamente resguardada de situações de insalubridade.

Os efeitos da vibração ocupacional são nocivos para a saúde

Profissionais que trabalham em rotina com vibração ocupacional precisam adotar todos os cuidados possíveis, justamente por ser um trabalho insalubre.

Isso significa que, a rotina de trabalho na área desencadeia alteração de saúde significativa, podendo comprometer de forma definitiva o bem-estar e qualidade de vida dos profissionais.

A vibração ocupacional é responsável por desencadear danos em órgãos, por exemplo. Portanto é fundamental que toda a equipe adote os cuidados necessários para contingenciar esse tipo de risco.

Trabalhando por pouco tempo em situação de vibração e usando todos os EPIs necessários para que seja possível minimizar o impacto que a vibração tem sobre a saúde.

Os efeitos prejudiciais da vibração estão associados a frequência das oscilações, duração da exposição e pontos de aplicação da vibração.

As principais ferramentas que causam vibrações nas mãos e braços, são:

  • Furadeiras;
  • Motosserras;
  • Equipamentos usados no asfaltamento de ruas e avenidas;
  • Equipamentos usados na compactação de terra na construção civil.

Profissionais que utilizam esses equipamentos como parte de suas rotinas laborais precisam estar atentos e bem protegidos, visando que a rotina de trabalho não impacte negativamente sua saúde.

Algumas situações também causam vibração de corpo inteiro, que é comum para profissionais que dirigem ônibus, tratores, caminhões e máquinas agrícolas.

É importante que a empresa esteja atenta em relação ao nível de vibração que o equipamento está produzindo, para que o mesmo possa ser substituído conforme necessidade.

Quais são os equipamentos de proteção individual para vibração ocupacional?

Os principais equipamentos de proteção individual que precisam ser fornecidos para os profissionais que atuam em cotidiano de vibração ocupacional são:

1.      Luvas antivibração

Esse tipo de EPI é indicado quando as vibrações atingem os ombros, braços e mãos do profissional. Ele é obrigatório nesses casos para que a vibração não cause danos ao colaborador.

As luvas antivibração oferecem resistência e robustez, absorvendo impactos e diversos tipos de vibrações. Além de ser eficaz na proteção, oferece a redução da exposição do trabalhador ao agente de risco.

Esse é um dispositivo que também protege o profissional de contato com agentes abrasivos, cortes, escoriações e perfurações durante a rotina de trabalho.

Possibilitando que o uso torne o cotidiano mais motivador, diminui eventuais desconfortos ocasionados pela vibração e possibilita bons resultados ao profissional.

As luvas antivibração são confeccionadas com base nas normas de segurança, obtendo a certificação EM ISO 10819/1996 e certificado de aprovação. Caso o produto não tenha essas condições, não é bom o suficiente para o uso como EPI.

2.  Assentos ergonômicos

Outro EPI fundamental para profissionais que trabalham lidando com vibração ocupacional é o assento ergonômico.

Os assentos ergonômicos são utilizados por profissionais que fazem diariamente o manuseio de empilhadeiras, tratores e demais meios de transportes de grande porte.

Tendo em vista que esses veículos provocam vibrações frequentes que podem causar danos até mesmo para a coluna do trabalhador.

O assento é utilizado com a finalidade de proporcionar conforto e segurança fornecendo menos riscos de lesões causadas pelas vibrações.

Uma vez que o assento consegue diminuir o efeito da vibração em todo o corpo, protegendo o profissional de enfrentar uma série de problemas de saúde.

Além de provocar doenças a longo prazo, a vibração ocupacional é capaz de desencadear acidentes no ambiente de trabalho. Portanto, é essencial que o profissional esteja bem protegido para sua própria segurança e de todos ao seu redor.

Garantindo que o uso de EPIs possa minimizar a ocorrência de acidentes e possibilitar um ambiente saudável para que a equipe trabalhe motivada.

3.  Protetor auditivo

Dependendo da função desempenhada por sua equipe, além de oferecer proteção específica contra a vibração é necessário oferecer também proteção auditiva.

Uma vez que, o equipamento utilizado que causa a vibração também gera ruído que incomoda e pode afetar a audição de seu profissional.

É o caso comum de equipamentos para compactação do solo, perfuração e outros produtos de construção civil que geram ruído intenso durante o uso.

O fornecimento de proteção auditiva é indispensável para profissionais que trabalham expostos a ruídos intensos. Garantindo que a audição não seja prejudicada durante a jornada de trabalho.

4.  Óculos de proteção para os olhos

Os profissionais que trabalham com perfuração de superfícies precisam usar não só os EPIs de proteção para vibração, como também proteção para os olhos.

Tendo em vista que, a poeira e outros materiais podem danificar a visão do profissional durante a rotina de trabalho.

A vibração provocada pelo equipamento de forma constante pode desencadear acidentes de trabalho quando o profissional não está bem equipado.

Principalmente quando o equipamento é manuseado próximo ao rosto do profissional, aumentando o risco de que alguma partícula entre nos olhos quando não existe o uso de óculos.

Muito embora esse não seja um EPI diretamente ligado à vibração ocupacional, é necessário fazer o uso quando o profissional tem demanda de proteção.

Justamente para evitar que o ambiente com vibração, poeira e outras partículas cause um acidente mais grave, afastando o trabalhador de suas funções.

É importante perceber que cada profissional tem demandas específicas de EPIs que o protege em relação ao trabalho que desempenha.

Adequação de equipamentos de trabalho

É importante ressaltar que, além de oferecer equipamentos de proteção individual, os profissionais precisam ter equipamentos de trabalho de boa qualidade.

Isso significa dizer que todos os equipamentos precisam ser revisados periodicamente. Garantindo que a vibração emitida pelo equipamento seja a menor possível.

Investir na lubrificação, manutenção preventiva em geral dos equipamentos é essencial justamente para que cada peça tenha somente a vibração natural da peça.

Evitando que o desgaste do equipamento seja um fator que aumenta sua vibração, ocasionando maior exposição do profissional ao ruído e desconforto provocados pela vibração do material.

Usar o equipamento adequado para cada função é, também, um cuidado essencial para que os ruídos e vibrações sejam minimizados. Atuando com equipamentos de potência adequados e que possibilitam a facilitação da execução da demanda em questão.

Portanto, é dever da empresa ter profissionais responsáveis pela manutenção e acompanhamento do uso dos equipamentos disponíveis.

De modo que o uso de proteção individual associado ao equipamento em pleno funcionamento são fatores que contribuem entre si para uma rotina de trabalho mais saudável.

Afinal, é fundamental resguardar a equipe para que todos tenham um bom desempenho e a saúde seja resguardada no cotidiano laboral.

É obrigação da empresa fornecer EPIs

É importante ressaltar que, toda empresa tem obrigação de oferecer os equipamentos de proteção necessários para que cada profissional desempenhe sua função com a saúde preservada.

Além de fornecer todo o equipamento de proteção de acordo com a convenção de cada profissão, é fundamental também orientar os profissionais e exigir o cumprimento das normas.

De modo que toda a equipe faça o uso correto dos equipamentos de proteção, viabilizando a segurança de todos os profissionais.

Fornecer EPIs de qualidade é um aspecto fundamental para que o uso seja confortável. Possibilitando que a equipe faça o uso adequado no cotidiano.

Avalie periodicamente as condições de cada EPI

O investimento em qualidade proporciona longa vida útil para os EPIs, minimizando a vibração ocupacional.

No entanto, é necessário ter um responsável por acompanhar a vida útil das peças, garantindo a substituição imediata quando o EPI já não apresenta condições de uso.

Tendo em vista que, é necessário garantir a qualidade dos EPIs fornecidos para que os profissionais estejam devidamente protegidos.

Orientar a equipe em relação ao uso, higienização e cuidados diários com os equipamentos é fundamental. De modo que os próprios profissionais possam atuar para manter a qualidade das peças.

Garantindo que os itens de proteção sejam usados com efetividade durante o período de validade de cada peça. Dessa forma a empresa poderá investir em produtos de qualidade que são efetivamente resistentes e duráveis.

Possibilitando que a equipe tenha conforto no uso diário e qualidade de proteção prolongada. Evitando acidentes e um cotidiano de trabalho desconfortável.

Conte com a Prometal EPIs

A sua busca por EPIs de qualidade se encerra em nossa página! A Prometal EPIs é especializada no fornecimento de itens de proteção para sua equipe.

Possibilitando que encontre em poucos cliques todos os materiais necessários para preservar seus profissionais.

E caso tenha dúvida em relação aos itens que precisa comprar, poderá contar com nossos consultores para auxiliar no processo de aquisição.

Nossos profissionais são especializados em EPIs, possibilitando que esclareçam suas principais dúvidas e orientem os melhores produtos para a rotina de sua equipe.

Viabilizando uma compra rápida, prática e que chegue com eficiência em sua empresa. Sem a necessidade de comprar produtos de diferentes fornecedores. Afinal, reunimos os principais itens de proteção e as melhores marcas do mercado.

Garantindo que encontre tudo aquilo que precisa para proteger sua equipe em poucos cliques. O que será importante para um cotidiano laboral saudável, satisfatório e eficiente.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.