Blog   EPIs   08 de novembro de 2019

Luva Antiestática: Quando utilizar?

Tempo de Leitura: 6 minutos
Luva Antiestática

Os EPIs são peças fundamentais para a saúde e segurança física dos trabalhadores que atuam em um ambiente de risco. Assim é também com a Luva Antiestática, um dos tantos modelos de Luva de Segurança que vemos no mercado hoje em dia. 

Este equipamento é ideal para atividades que envolvam equipamentos eletrônicos, onde deve haver um manuseio com precisão de pequenas peças, sejam elas com ou sem óleo. É apropriado para que não ocorram descargas eletrostáticas, protegendo, assim, o equipamento em manuseio.

Fornecer um ambiente de trabalho propício à segurança e à produtividade é um dever do empregador. No entanto, nem sempre é possível eliminar todos os riscos existentes. Com isso entram as medidas preventivas e, entre elas, os EPIs. 

Para que ofereçam a proteção desejada, é fundamental que sejam escolhidos da maneira correta. Isso deverá ser feito observando e seguindo as recomendações do PPRA e conhecendo as diferenças e especificações de cada produto disponível.

Por esta razão, se você deseja conhecer mais sobre a Luva Antiestática, sinta-se com sorte por ter chegado até aqui. Iremos mostrar não só o que é este EPI, como também quais os diferentes tipos, para que serve e como escolher a ideal. Acompanhe! 

O que é a Luva Antiestática? 

A Luva Antiestática é um modelo de Luva de Segurança designada especialmente para proteger um produto contra a energia estática. É considerada um Equipamento de Proteção Individual, pois possui Certificado de Aprovação para proteção das mãos contra riscos abrasivos e escoriantes.

Podem ser produzidas com materiais como o látex, o nylon ou o vinil. Ainda existem os modelos mais duráveis, que incluem carbono ou o cobre dentre os componentes para a fabricação da luva, o que deixa o investimento um pouco mais elevado porém, como mencionamos, acabam possuindo uma vida útil consideravelmente maior. 

Existem Luvas Antiestáticas de uso único, ou seja, as descartáveis, como também existem os modelos laváveis. Estes, oferecem uma média de 10 lavações até que diminuam sua eficiência em termos de proteção e necessitem ser trocados. 

E a NR 6?

Por ser considerada um EPI, a Luva Antiestática é regulamentada pela NR 6, que estabelece as responsabilidades tanto do empregador, quanto do colaborador e do fabricante do equipamento. Para que a Segurança do Trabalho seja efetiva, todos devem fazer a sua parte. 

Segundo o capítulo 6.6, o empregador deverá não somente adquirir o equipamento adequado ao risco de cada atividade, como também exigir seu uso. Além disso, também são responsabilidades do empregador quanto ao EPI: 

  • Fornecer ao trabalhador somente o EPI aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho;
  • Orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação das Luvas;
  • Substituir imediatamente, quando forem danificadas ou extraviadas;
  • Responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica (se necessário);
  • Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada;
  • Registrar a entrega da Luva Antiestática e outros EPIs ao trabalhador, podendo ser adotados livros, fichas ou sistema eletrônico.

Já o colaborador, por sua vez, deverá comprometer-se a utilizar o EPI apenas para a finalidade a que se destina, responsabilizando-se pela guarda e conservação do mesmo. Também ficará responsável por comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso e seguir as boas práticas de utilização.

Para que serve? 

A Luva Antiestática serve para proteger um produto que está sendo manipulado contra ESD – sigla para Electro Static Discharge, ou em português, Descarga Eletrostática. É um EPI fundamental principalmente para os trabalhadores que atuam em ambientes estáticos, com o manuseio de materiais eletrônicos.

Além de proteger o trabalhador contra escoriantes e abrasivos, as luvas protegem os componentes que estão sendo manuseados. Isso porque impedem que a carga estática acumulada no próprio corpo, além da possível oleosidade das mãos, passe para as peças que estão sendo trabalhadas, prejudicando todo o trabalho realizado.

A Luva Antiestática também é um material confortável para o usuário, que oferece um nível de dissipação estática confiável para uma boa produtividade. Não prejudica a habilidade tátil do colaborador e pode ser utilizada em conjunto com outros EPIs antiestáticos. 

São muito utilizadas tanto na indústria petroquímica, quanto em eletrônicas, ópticas, engenharias, etc. É também um excelente EPI para a manipulação de filmes sensíveis, instrumentos de precisão, placa de circuito, entre diversos outros materiais eletrônicos. 

Tipos de Luva Antiestática

Como as luvas antiestáticas podem ser produzidas através de muitos tipos de materiais, existem também diversos tipos do EPI. Cada uma delas possui suas características e peculiaridades que devem ser observadas no momento da compra do equipamento. 

Vamos ver abaixo um pouco mais sobre as principais delas?

Luva Antiestática de Nitrilo 

A Luva Antiestática Nitrílica é uma excelente opção para ser utilizada em ambientes não contaminados. Isso porque possui uma textura antiderrapante na ponta dos dedos, que otimiza a performance do trabalhador e o nível de proteção. 

Além disso, é uma ótima alternativa para pessoas que possuem alergia ao Látex, material em que também são feitas algumas Luvas Antiestáticas. As Luvas Nitrílicas também são resistentes a produtos químicos leves e óleos. 

Luva Antiestática de Nylon 

A Luva Antiestática de Nylon costuma vir não só com as pontas dos dedos em diferente textura, como também com a palma da mão reforçada. Comparada às Luvas Nitrílicas que vimos anteriormente, é consideradas mais elástica e por isso muita gente acha mais confortável.

Por conter as palmas das mãos reforçadas, essa luva também possui o diferencial de possuir uma aderência relativamente maior. 

Luva Antiestática de Poliéster 

As Luvas Antiestáticas de Poliéster são consideradas as mais resistentes quanto à energia eletrostática. Isso porque as luvas deste modelo possuem uma capacidade de dissipação de cargas estáticas bastante elevada em relação aos outros modelos.

Além disso, este material pode ser lavado e reutilizado muitas vezes pelo colaborador, resultando em uma economia a longo prazo para o bolso do empregador. Também configura um modelo bem confortável e adaptável para as mãos do usuário. 

Luva Antiestática Vinílica 

Este modelo de Luva Antiestática também é bastante resistente à cortes e perfurações. Geralmente são ambidestras e possuem punhos frisados que proporcionam uma maior proteção nessa área. São recomendadas para ambientes não contaminados e muito utilizadas nas áreas de montagem e desmontagem.

Como você pode ver, existe um tipo de Luva Antiestática para cada gosto ou determinada tarefa. Por isso, é importante que a equipe responsável pela Compra do EPI conheça cada um dos modelos para que saiba identificar o mais adequado. 

Também é importante contar com um profissional de Segurança do Trabalho responsável para orientar você em caso de dúvidas. Para isso, busque um distribuidor de EPIs de confiança e você terá a tranquilidade que precisa para adquirir seus equipamentos.

Como acontece a descarga eletrostática?

Pode-se dizer que uma descarga eletrostática é proveniente de uma interação homem-objeto, onde ocorre um desbalanceamento de elétrons. Para que isso ocorra, haverá a influência do tipo de material, umidade, separação dos corpos, velocidade de contato, entre outros fatores importantes. 

Quanto um material é carregado de energia eletrostática, é formado um campo elétrico desta mesma carga ao redor do material. Assim sendo, quando introduz-se um componente que não esteja aterrado, ocorre uma transferência das cargas elétricas entre os dois corpos.

Essa transferência de cargas é o que resulta em falhas no sistema que poderão prejudicar a vida útil do equipamento ou seu funcionamento. Há casos, inclusive, que o produto se destrói por completo, perdendo-se o componente permanentemente.

Dentre os principais razões que causam uma interferência eletromagnética, estão: 

  • Frequência;
  • Situação de Aterramento;
  • Componentes Eletrônicos;
  • Tensão da rede;
  • Circuitos impressos;
  • Desacoplamentos;
  • Entre outros. 

Quais demais EPIs utilizados nestes casos? 

Além da Luva Antiestática, é fundamental que o usuário utilize os demais equipamentos de proteção adequados para sua segurança. Entre eles, podemos citar o Jaleco Antiestático; a Manta Antiestática; Pulseiras de Aterramento e Calcanheiras Dissipativas.

Conheça um pouco mais sobre estes materiais abaixo: 

  • Jaleco Antiestático: os jalecos antiestáticos também podem ser feitos em fibras de carbono agregadas ao tecido comum. Dessa forma, protegem contra descargas eletrostáticas bem como as luvas que comentamos neste artigo. 
  • Manta Antiestática: para que a energia gerada pelo colaborador na estação de trabalho seja dissipada, é que existem as mantas estáticas. Por isso, este material também é imprescindível para evitar o acúmulo de cargas..
  • Pulseiras de Aterramento: as pulseiras de aterramento são um equipamento mais moderno que evita as descargas eletrostáticas. A proteção se dá através de filamentos condutivos que levam a energia produzida pelo colaborador diretamente para o sistema de aterramento. Evitando, assim, que o equipamento ou o usuário seja prejudicado. 
  • Calcanheiras Dissipativas: as calcanheiras dissipativas, como o próprio nome já diz, permite a dissipação das cargas elétricas para o chão, evitando a descarga eletrostática. Aqui também podem entrar outros tipos de calçados de segurança que também isolam o contato do usuário com o chão, impedindo a transferência de cargas.  

Luva Antiestática é na Prometal EPIs

Se o que você busca é uma Luva Antiestática que seja adequada para as suas atividades e que possua o melhor custo-benefício, a nossa dica é: conte com a Prometal EPIs! Além de oferecermos uma ampla variedade de produtos, alguns inclusive à pronta entrega, oferecemos também a orientação de confiança e qualidade que você precisa. 

Aqui você conta com uma equipe especializada e pronta para atender você trazendo as informações mais pertinentes e que sejam do seu interesse. Por isso, no momento de compra do EPI, lembre-se sempre: a Prometal EPIs é o seu parceiro de confiança!

Veja aqui as nossas opções de Luva Antiestática.

Continue a sua leitura com Luva descartável: Látex natural, Nitrílica ou Vinil.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.