Blog   EPIs   18 de outubro de 2023

Qual é a melhor Luva para Pedreiro?

Tempo de Leitura: 5 minutos
Luva para Pedreiro

Tem dúvidas sobre qual a melhor luva para pedreiro e quais os riscos dessa profissão? Então você vai gostar do artigo de hoje.

No Brasil, a importância do uso adequado de EPI para os pedreiros vai muito além da segurança do trabalhador e da empresa. Isso é uma questão de consciência social. O setor da construção civil emprega atualmente 8,58% da população ocupada do país. 

É responsável por mais de 6% do produto interno bruto devido à criação de um grande número de empregos e, portanto, é de grande importância para o desenvolvimento social e econômico do país. Estes números tendem a aumentar nos próximos anos e, consequentemente, o número de acidentes de trabalho também. 

De acordo com o Ministério da Previdência Social, o Brasil registrou 705.239 acidentes em 2012, dos quais 62.874 ocorreram no setor que, já foi, inclusive, campeão de acidentes profissionais. Hoje, ocupa o quarto lugar sendo os mais comuns: quedas, acidentes com aterramento elétrico e acidentes com elevadores de obras.

Bem, neste artigo, falaremos sobre qual a melhor luva para pedreiro e os demais itens você deve ficar atento para não errar na hora da compra. Aproveite!

Trabalho na Construção Civil

O Departamento do Trabalho estabeleceu diretrizes e requisitos mínimos para manter os trabalhadores saudáveis ​​e fisicamente aptos. Para a construção civil, estão definidos na NR 18 – Condições e meio ambiente de trabalho na construção civil.

A NR 18 é a NR responsável por estabelecer medidas de segurança e proteção para os funcionários do departamento. Por isso, é projetado para implementar medidas de controle e sistemas de segurança preventiva.

De acordo com o item 18.1.2, entende-se por atividades de construção civil:

18.1.2. Consideram-se atividades da Indústria da Construção as constantes do Quadro I, Código da Atividade Específica, da NR 4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho e as atividades e serviços de demolição, reparo, pintura, limpeza e manutenção de edifícios em geral, de qualquer número de pavimentos ou tipo de construção, inclusive manutenção de obras de urbanização e paisagismo.

Como você pode ver, o trabalho do pedreiro também se encaixa na descrição acima, fazendo que a empresa ou responsável por contratar este serviço leve em consideração a NR 18. 

Riscos da profissão

Como uma das principais causas de acidentes de trabalho no Brasil, a construção civil merece toda atenção e atenção. Existem muitos tipos de riscos nos canteiros de obras, portanto, pouca atenção é dada a eles.

Surpreendentemente, a maioria dessas ocorrências infelizes se deve à falta de atenção, falta de treinamento adequado ou falha no uso de EPI e EPC. Por isso, a fiscalização do empregador também é uma importante aliada para uma produção segura.

Por isso, lidar com os riscos mais comuns na construção civil é um dos temas mais comentados em nosso mercado. Dentre eles, podemos citar:

  • queda em piso irregular;
  • choque elétrico e descarga;
  • movimentação de máquinas e equipamentos sem proteção;
  • esmagamento e danos causados ​​pela queda de material;
  • cortes e perfurações;
  • problemas respiratórios e alergias;
  • problemas de audição;
  • contato com animais peçonhentos;
  • entre outros.

É para contornar esses riscos que EPIs como a Luva para Pedreiro são tão importantes. Vamos ver abaixo quais são estes equipamentos. 

EPIs para Pedreiro

Como vimos anteriormente, o uso adequado dos EPIs de pedreiro é fundamental para evitar acidentes e, mesmo assim, a atenção à qualidade dos equipamentos é fundamental.

Compre apenas de empresas que oferecem serviços profissionais, são próximas e transparentes e oferecem apenas os melhores produtos com base em seus interesses. Para isso, conte sempre com os equipamentos da Prometal EPIs.

Vamos dar uma olhada na lista principal de EPI para pedreiros? Veja abaixo:

  • Capacete de Segurança: o capacete de segurança com a aba frontal é provavelmente o elemento mais importante, pois sua finalidade é proteger a cabeça do trabalhador contra impactos e choques elétricos.
  • Óculos de segurança: Os óculos de segurança (lentes transparentes) são projetados para proteger os olhos de choques mecânicos, objetos voadores e raios UV.
  • Protetores auriculares: Os protetores auditivos plug-in (tampões) são usados ​​para proteger os ouvidos da atividade e do ruído excessivo. A exposição ao ruído pode levar a uma variedade de doenças, incluindo: estresse, insônia, pressão alta e até surdez e impotência.
  • Respiradores purificadores de ar: Fornecer proteção respiratória em atividades e locais que contenham poeira, vapor ou fumaça. As principais doenças respiratórias que acometem os trabalhadores da construção civil são: silicose, alergias, rinite, asma ocupacional e pneumonite de hipersensibilidade.
  • Luvas de Segurança: Além de garantir melhor aderência aos equipamentos, as luvas de segurança também protegem as mãos do trabalhador contra diversos riscos. Existem vários tipos de luvas de proteção disponíveis neste campo, tais como: luvas de nitrilo, luvas de látex natural, luvas de malha de palma vulcanizada, luvas de PVC e a luva pigmentada.
  • Botinas de segurança: Oferece proteção para os pés e tornozelos do trabalhador contra torção, atrito, escorregamento, queda de objetos e etc.

Qual a melhor Luva para Pedreiro?

Como o pedreiro é um profissional que pode realizar inúmeras atividades diferentes, pode ser que haja diferentes necessidades de luvas em sua rotina. No entanto, se precisarmos elencar a luva mais utilizada na profissão, então seria a Luva de Látex.

Este é um modelo que proporciona uma abrangência muito interessante para essa profissão, visto que estes trabalhadores lidam bastante com argamassa/cimento molhado e, essencialmente, é o pedreiro que lida com os ”acabamentos” na obra.

São feitas de borracha natural, por isso são muito maleáveis ​​e confortáveis ​​para os trabalhadores que os utilizam. Além de serem acessíveis, oferecem grande segurança nas mais diversas áreas. 

As Luvas de Látex Natural, por outro lado, não são tão resistentes como as luvas de nitrilo e vinil. No entanto, oferecem melhor habilidade tátil e, por este motivo são consideradas a melhor luva para pedreiro, já que o mesmo necessita de boa maleabilidade.

Infelizmente, algumas pessoas acabam desenvolvendo uma reação alérgica às luvas de látex, causando uma hipersensibilidade. Por esse motivo, é importante sempre lembrar de perguntar aos trabalhadores sobre os riscos de alergia para evitá-los.

As luvas de látex são reutilizáveis ​​e possuem algumas variáveis ​​como opções de forro:

  • Algodão: Ótimo para absorver o suor, mantendo as mãos secas durante o trabalho e proporcionando conforto; 
  • Verniz prateado: ideal para trabalhadores alérgicos à borracha natural por ser um material hipoalergênico; 
  • Sem revestimento: As luvas de látex sem revestimento são ótimas para higiene porque são fáceis de lavar e secam rapidamente.

São vendidas em pares ou individualmente, de forma ambidestro. São usadas ​​principalmente para aquelas habilidades que exigem sensibilidade tátil moderada e proteção contra produtos químicos e/ou mecânicos. 

Você também pode encontrar luvas de látex em cores diferentes, que podem ser usadas para distinguir departamentos dentro de uma empresa, como para distinguir turnos de trabalho.

Como escolher os EPIs para Pedreiro?

A escolha tanto da melhor luva para pedreiro quanto do restante dos equipamentos irá depender de uma análise de riscos do ambiente de trabalho. Essa análise deverá ser feita através do PGR – o Programa de Gerenciamento de Riscos.

Esse processo deve ser feito por meio de uma visita ao local de trabalho para entender melhor como se dá cada atividade a ser realizada, para identificar riscos que possam surpreender os trabalhadores. 

Por meio desse procedimento, será possível identificar, avaliar e analisar todos os fatores ambientais encontrados. Incluindo o tempo de exposição e a intensidade de cada risco. Após este processo, será possível desenvolver medidas de controle de riscos.

Dentre essas medidas estará a utilização de EPIs, que corresponderão aos riscos elencados. Ou seja, para definir os equipamentos necessários, é fundamental (e obrigatório) levar em consideração os riscos do ambiente.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.