Blog   EPIs   07 de dezembro de 2020

Qual é a diferença entre a bota branca e a bota preta?

Tempo de Leitura: 6 minutos

Conhecer a diferença entre a bota branca e bota preta é um dos primeiros passos para escolher os Equipamentos de Proteção Individual mais adequados. 

Afinal, o uso da bota é uma regra em milhares de empresas, mas pode ser que você ainda não tenha entendido exatamente porque é exigida uma cor ou outra.

Então, nesse post, descubra o que há por trás desse tema e não erre nunca mais na hora de comprar a sua botina.

Antes de mais nada, vale lembrar que a escolha do calçado de trabalho pode ser feita de maneira individual, em equipe ou até mesmo definido pela empresa.

Seja como for, é muito comum que outras pessoas deem algumas dicas a você em relação a melhor escolha, visando garantir conforto e segurança.

Botas de Segurança para o Trabalho

Para dar início a esse post, é interessante ressaltar que as Botas de Segurança as quais estamos nos referindo são aqueles Calçados de Segurança com o cano acima da altura da canela. 

No entanto, é correto pensar que elas podem ter uma estrutura diferenciada. Algumas delas têm o cano mais curto enquanto outras têm o cano um pouco mais longo.

Porém, de maneira geral, as botas de trabalho têm um cano, pelo menos médio, na altura da canela ou superior a isto.

Vale destacar também que esse item de serviço pode ter características extras.

Exemplo disso é o conhecido bico ou biqueira de aço, que se refere a uma proteção extra para a região dos dedos, e também as palmilhas antiperfuro.

Geralmente, botas com bico de aço são usadas por mecânicos, como meio de evitar batidas ou acidentes devido à queda de materiais muito pesados ou ferramentas de uso diário.

Seja como for, as botas são uma segurança para o ambiente de trabalho, que visam proteger o pé, incluindo a base, dedos e até o tornozelo, evitando muitos acidentes.

Portanto, algumas empresas podem solicitar que os empregados utilizem uma bota específica, de acordo com a área de atuação dentro do local.

Assim, empresas de produção de álcool e açúcar, por exemplo, oferecem as botas mais simples, para os trabalhadores comuns, e botas especiais para aqueles que tem um risco maior, como quem é mecânico ou fica na área das caldeiras.

Seguindo essa linha, a bota visa evitar escorregões, protege contra queda de ferramentas de trabalho, choques e muito mais.

Bota branca e bota preta – Qual escolher?

Ao pensarmos em botas de segurança, entramos no assunto dos EPIs, também chamados de linha de equipamentos de proteção individual.

Portanto, esse tipo de item é configurado para garantir o máximo de proteção para o trabalhador no ambiente do trabalho, lembrando que também existem os equipamentos de proteção coletiva.

Em outras palavras, os itens de proteção são para que você, no seu dia-a-dia, consiga fazer as suas atividades prezando ao máximo pela vida. 

Justamente por isso, utilizar os equipamentos de proteção é uma regra básica, seguindo a Norma Regulamentadora de número 6 – NR 6.

Por outro lado, muitos funcionários acabam na dúvida do porquê utilizar esses itens ou mesmo porque aqueles em específico deveriam ser escolhidos.

Pensando nisso, vale a pena conhecer o que diz no catálogo de regras da NR6 em relação aos tipos de botas:

Bota branca e a bota preta de PVC cano longo

A bota de PVC de cano longo tem como foco proteger os pés até quase a altura dos joelhos de umidade e produtos químicos e outras substâncias que podem ser nocivas para o trabalhador..

Como resultado é mais indicada para áreas úmidas, como quem trabalha em restaurantes, na área de limpeza comum ou até como zelador.

As especificações desse item incluem:

· PVC impermeável;

· Bota forrada com malha de poliéster;

· Sem fechamento;

· Cano de altura entre 25 e 36 cm;

· Solado reforçado com borracha antiderrapante, entre outras.

Geralmente, você pode encontrar a bota branca e a bota preta, sendo que essa segunda costuma ser a mais escolhida.

Bota térmica em PVC

A segunda bota definida como item de segurança é a térmica, indicada para quem trabalha em câmeras frias, como de restaurantes.

Portanto, o principal cuidado que o item oferece é a segurança contra temperaturas frias, de até – 35º C.

Já em relação as informações extras da bota estão:

· Ela sempre é branca;

· Pode ter biqueira de aço ou composite;

· Confeccionada em PVC;

· Cano curto ou longo;

· Solado antiderrapante;

· Forro interno de lã sintética, entre outros.

Botina de segurança

Um dos calçados de segurança mais conhecidos nas empresas é chamada apenas de botina de segurança.

O foco principal desse item é proteger pés e tornozelos, principalmente da queda de objetos e impactos frontais.

Como resultado é a mais indicada para serviços em gerais e muito utilizada em usinas, por pedreiros, em áreas de construção e assim por diante.

Já as informações desse EPIs incluem:

· Sempre na cor preta;

· Nenhum componente metálico;

· Espessura mais grossa;

· Vaqueta lisa curtida ao cromo;

· Palmilha de montagem couro natural;

· Contraforte reforçado;

· Sistema de absorção de impacto e choque;

· Dorso acolchoado;

· Costura dupla, entre outras.

Vale dizer ainda que existem algumas variações de botina, algumas com biqueira de aço e outras não.

Além disso, algumas delas são mais usadas em áreas com existe o risco de perfuração, como em marcenarias e, por isso, possuem maior resistência a esse tipo de acidente.

Sapato de Segurança

Para finalizar essas especificações, é preciso ainda conhecer os sapatos de segurança, chamados muitas vezes apenas de crocs.

A opção na cor branca tem como objetivo proteger os pés de riscos leves, como sujeitas e alguns produtos químicos ou mesmo de agentes abrasivos.

Como resultado, são muito utilizados em clínicas, hospitais, restaurantes e outros, onde não há o risco da queda de objetos sobre os pés.

Assim, os sapatos são sempre brancos, fechado, com solado antiderrapante e resistente ao escorregamento.

Também tem resistência a óleo combustível e absorve energia na região do salto, sendo ideal para quem passa longos períodos em pé e/ou andando.

Já o sapato de segurança preto, é a melhor opção para riscos leves e serviços em geral, onde é necessária uma proteção e conforto para os pés.

Portanto, é utilizado em laboratórios, restaurantes e por vigilantes.

É importante dizer que este sapato possui uma estrutura mais reforçada, com fechamento elástico na lateral, palmilha de limpeza em espuma com tratamento antibacteriano e também é antiderrapante.

Confira o nosso vídeo do youtube sobre a diferença entre Bota, Botina e Sapato de Segurança:

Existem outros tipos de bota branca e a bota preta para trabalho?

Sim.

Ainda que esses sejam os mais conhecidos bem como utilizados, existem alguns outros sapatos que podem ser encontrados no mercado, como alguns sapatos com cadarço e coturnos longos, como o utilizado por quem manuseia motosserras.

Inclusive, se você quiser saber mais sobre o material desses sapatos ou mesmo sobre outros materiais de proteção, vale a pena conferir o catálogo completo.

Qual bota escolher?

Enfim, agora que você já conhece alguns tipos de bota branca e a bota preta utilizadas como meio de segurança, fica um pouco mais fácil entender qual a melhor escolha.

Por outro lado, é de extrema importância observar que o sapato muda de acordo com a atividade que você exercer.

Logo, antes de pensar em beleza dos sapatos, é preciso confirmar que ele oferece a segurança que você precisa.  

De maneira geral, o conforto pode se um aliado em todos os sapatos, já que atualmente eles são produzidos com material de maior qualidade.

Além do mais, as palmilhas e forros dão aquela maciez extra, evitando a dor nos pés e machucados.

Ainda assim, lembre-se de sempre utilizar uma meia reforçada, para evitar que o seu pé fique deslizando, garantindo maior estabilidade.

Por fim, para fazer a sua escolha, é preciso analisar qual será a sua atividade, o que já delimita um pouco a cor da bota.

Na maior parte das vezes, se você vai lidar com a limpeza de um ambiente, o indicado é a bota preta.

Porém, se vai ficar em áreas alimentares, como açougues, ou em hospitais e clínicas, a recomendação é sempre utilizar a bota branca.

Neste cenário, a cor está mais ligada a estética, já que o branco traz a sensação de limpeza, livre de agentes ou mesmo uma uniformidade, por exemplo.

Uma dica é se atentar ao seguinte checklist:

Bota branca:

Mais indicada para uso em câmeras frias, locais úmidos, laboratórios, restaurantes, clínicas e unidades de saúde, etc.

Bota preta:

Mais indicada para limpeza em geral, construções, empresas, vigilância, alguns laboratórios, ambientes com risco de quedas de objetos de perfuração, entre outros.

Outro ponto importante: 

Uma bota de pvc preta geralmente é impermeável, macia e resistente à alguns produtos químicos. 

No entanto uma bota de pvc branca, possui alto teor de nitrila na composição. 

Fazendo assim com que ela seja muito mais resistente contra produtos químicos, mais resistente contra gorduras, sangue e outras sujidades em geral.

Dica de ouro para bota branca e a bota preta

Uma dica de ouro para quem precisa comprar uma bota de trabalho, é conferir quais os requisitos básicos que a empresa exige ou mesmo quais as dicas que oferecem.

Na maior parte dos casos, as empresas oferecem o item como parte do uniforme, de maneira gratuita, ou até dão dicas de lojas.

Já para a compra quando não é empresa, fique atento e certifique-se de que se trata de um produto original, com a certificação do Ministério do Trabalho e Emprego (ou Ministério da Economia, como é agora chamado).

Neste caso, comprar uma bota falsificada ou de baixa qualidade pode ser uma das maneiras mais rápidas de se envolver em um acidente.

 Não corra esse risco!

Para finalizar, você ainda tem alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre algum outro assunto?

Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar ou aproveite e compartilhe a sua experiência com a gente.

Continue a sua leitura com Acidentes de Trabalho no Brasil – últimos dados!

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.