Blog   EPIs   09 de agosto de 2022

Passo a passo para montar o kit de trabalho em altura

Tempo de Leitura: 5 minutos

O Trabalho em Altura ainda é a modalidade que mais causa acidentes de trabalho no Brasil. Este dado indica os riscos exacerbados para os trabalhadores que executam suas funções nessas condições, como: eletricistas, pintores, serviços de limpeza, entre outros. 

Por este motivo, saber exatamente como montar o kit de trabalho em altura é um passo fundamental para a segurança do trabalho. Nele estão todos os EPIs e demais acessórios que irão compor o conjunto de produtos capazes de atenuar o impacto dos riscos.

O fornecimento deste kit é obrigatório e deve ser feito pelo empregador, sem cobrar custos adicionais aos trabalhadores. Estes, por sua vez, devem fazer o uso correto dos equipamentos, bem como cuidar de sua guarda e conservação.

Com cada um fazendo a sua parte, com certeza seria possível diminuir os índices de acidentes envolvendo a modalidade. Mas, a pergunta que fica é: como montar um kit de trabalho em altura adequado, sem gastar mais do que o necessário?

É o que veremos neste artigo. Acompanhe!

O que é o Trabalho em Altura

Trabalho em Altura é como chamamos toda e qualquer atividade profissional que é desenvolvida acima de 2 metros do nível inferior. O risco de queda também é uma característica desse tipo de trabalho, o que causa a maior preocupação.

O que acontece é que ao serem identificados os riscos de um ambiente, a primeira coisa a se fazer pela segurança do trabalho é tentar eliminar totalmente aquele agente de risco. Se isso não for possível, então aplicam-se as medidas de controle de risco necessárias.

No caso do trabalho em altura, não há como evitar esse tipo de atividade e, portanto, é preciso investir nas medidas corretas de prevenção de acidentes. Entre elas está o uso do Kit de Trabalho em Altura que deve conter cada um dos equipamentos necessários.

Essa atividade está prevista na NR 35, que versa justamente sobre todos os cuidados obrigatórios por parte de empregador e funcionário para que tudo corra bem. Entre outras diretrizes, a NR 35 também regulamenta:

  • Todas as boas práticas para Capacitação e Treinamento dos funcionários, o que é obrigatório para todos os trabalhos em altura; 
  • Como fazer o planejamento, a organização e a execução das atividades que serão desenvolvidas dessa forma;
  • Como deverá funcionar o Sistema de Proteção Contra Quedas (onde entra o kit de trabalho em altura); e 
  • Quais são os requisitos de Emergência e Salvamento.

Seguir as normas regulamentadoras que tiverem relação com a atividade da sua empresa é obrigatório, e passível de multa em caso de descumprimento. Por este motivo, investir em segurança do trabalho é importante para o trabalhador, mas para a empresa também. 

O que deve conter no Kit de Trabalho em Altura

O kit de trabalho em altura é como chamamos o conjunto de EPIs e demais itens que formarão a proteção completa do trabalhador. São equipamentos obrigatórios, que devem ser fornecidos pelo empregador a cada um dos trabalhadores.

Vamos ver abaixo um pouco mais sobre cada um dos produtos que deverão compor o kit.

Cinto de segurança do tipo paraquedista

O cinto de segurança do tipo paraquedista é um dos EPIs mais conhecidos quando o assunto é trabalho em altura. É também conhecido como cadeirinha, e serve para prender o trabalhador a outros elementos que evitem sua queda. 

Trava-quedas

Utilizado em conjunto com o Cinto de Segurança, o trava-quedas é outro utensílio muito importante para a proteção do trabalhador. Como o próprio nome já diz, ele serve para travar o profissional em caso de uma queda e deve ser utilizado junto com outros acessórios. 

Capacete com jugular

Os capacetes de segurança possuem algumas diferenças entre si, como: se é utilizado para risco elétrico ou não, se possui aba, jugular, entre outras características. Para o kit de trabalho em altura, o ideal é o Capacete com Jugular, já que ele permite maior conforto e não corre risco de cair da cabeça do usuário durante suas atividades.

Botinas de segurança

As botinas de segurança também devem fazer parte do kit de trabalho em altura, já que são obrigatórias nesse tipo de profissão. Nelas também há diferentes características, como o cabedal, a biqueira (aço ou composite), entre outros. A escolha ideal irá depender da análise de riscos do ambiente.

Óculos de segurança

Os óculos de segurança são muito importantes para os profissionais do trabalho em altura. Dependendo da tonalidade escolhida das lentes, irá ser melhor ou pior para trabalhos a céu aberto ou ambientes fechados. Além disso, oferecem proteção contra objetos voadores, estilhaços, respingos, entre outros. 

Luvas de Segurança

As luvas de segurança também são fundamentais para o trabalho em altura. Existem diversos modelos, então a escolha deverá partir dos riscos identificados no ambiente. No entanto, elas oferecem proteção contra produtos químicos, cortes e perfurações, entre outros. A depender do tipo de luva. 

Talabarte

Mesmo sem ser considerado EPI, o uso do Talabarte é imprescindível e obrigatório para o trabalho em altura. Isso porque ele faz ligação direta com o cinto de segurança e com o ponto de ancoragem ou linha de vida, oferecendo uma segurança elevada ao usuário. 

Mas na verdade, existem três tipos de talabartes: o talabarte simples, o modelo Y e o talabarte de posicionamento e o retrátil. Vamos ver rapidamente sobre cada um deles?

Quando tratamos do talabarte simples, nos referimos àquele que serve como a uma extensão do cinto. Produzido por uma fita com um ponto de ancoragem, ele funciona para prender o trabalhador em um risco de queda, podendo se soltar ao chegar em um local seguro. 

O talabarte Y é considerado com maior grau de segurança, pois possui 3 pontos de ancoragem. É inclusive mais indicado para profissionais que atuam em andaimes, já que nessas situações o risco de queda é alto, ainda mais sobre o trânsito de pedestres.

O terceiro e último modelo, talabarte de posicionamento, não oferece proteção contra quedas e, por este motivo, há a necessidade de utilização de um outro talabarte. No entanto, este modelo é excelente para auxiliar o trabalhador a se manter em um ponto enquanto mantém as mãos livres para realizar uma atividade. 

Onde comprar o Kit de Trabalho em Altura?

O melhor local para comprar o seu kit de trabalho em altura é em uma loja especializada em EPIs. Você até pode encontrar esses produtos em outros lugares, mas em uma loja de EPI você garantirá as melhores marcas e também o melhor custo benefício.

Quando optamos por uma loja especializada, temos acesso a uma longa lista de marcas do mercado, onde poderemos encontrar a melhor solução específica para o seu trabalho. Além disso, devido à variedade, parcerias e oportunidades, você encontrará preços muito melhores do que em qualquer outra loja de EPIs.

Por isso, se você está procurando montar o seu kit de trabalho em altura, conte com a Prometal EPIs! Aqui você conta com uma loja especializada, as melhores marcas do mercado, e condições exclusivas de negociação e pagamento.

Garantimos a você o melhor custo benefício, e você ainda poderá contar com uma equipe completa e especializada para atender você e tirar todas as suas questões. 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco! 

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.