Blog   EPIs   12 de junho de 2019

O que é e para que serve a Balaclava?

Tempo de Leitura: 4 minutos
balaclava

A Balaclava, ou Capuz Balaclava, é um importante EPI que tem diversas utilidades. É muito utilizada não somente na área profissional quanto por praticantes de esportes.

Se você não está familiarizado com este nome, talvez vá lembrar se mencionarmos a famosa “touca ninja”, como também é conhecida. É um equipamento essencial tanto para pilotos de corrida, por exemplo, quanto para profissionais da rede elétrica.

No entanto, cada balaclava tem suas especificações que oferecem proteções diferentes para o usuário. Por isso, é importante que você conheça cada um deles na hora de pesquisar para adquirir o seu equipamento.

No artigo de hoje você vai descobrir o que é a Balaclava, quais os principais tipos existentes e em quais ocasiões deve ser utilizada. Além disso, será que este é um item obrigatório? Você também vai ver neste artigo! Acompanhe.

O que é a Balaclava?

Conforme mencionamos, a Balaclava é um capuz que tem como principal objetivo garantir a proteção da cabeça e do pescoço do usuário. Também é conhecida como touca ninja pois, dependendo do tipo, deixa só os olhos visíveis e o resto da cabeça encoberta.

Confeccionada geralmente com malha de lã e tecidos elásticos ou sintéticos, a balaclava é capaz de oferecer proteção contra diversos riscos. Sejam eles térmicos, elétricos ou químicos, basta apenas saber escolher o produto correto para a atividade correta.

Segundo a NR 6, Norma Regulamentadora que define o uso de EPIs, a Balaclava tem três principais funções. São elas:

  • Proteção do crânio e pescoço contra riscos de origem térmica;
  • Proteção do crânio, face e pescoço contra respingos de produtos químicos;
  • Proteção do crânio e pescoço contra agentes abrasivos e escoriantes.

Embora tenham características semelhantes, como o formato ou o tipo de abertura, é importante que as especificações e recomendações de uso para cada tipo de Balaclava sejam respeitadas.

Dessa forma você poderá garantir a atenuação dos riscos aos quais o trabalhador está exposto e a durabilidade daquele equipamento.

Quais profissões devem utilizar a Balaclava?

A Balaclava é considerada um Equipamento de Proteção Individual pois oferece proteção e segurança ao trabalhador, além de contar com o Certificado de Aprovação do Ministério do Trabalho. Por este motivo, seu uso é obrigatório durante as atividades de risco!

É muito utilizada por Brigadistas, Eletricistas, Bombeiros, Motociclistas, Forneiros, Pilotos de corrida como a Fórmula 1… Se há risco de altas temperaturas, chamas ou arcos elétricos, a balaclava certamente será essencial.

Além disso, para motociclistas, a balaclava também serve para proteger contra insetos, baixas temperaturas e a própria incidência de vento entre o capacete e o abrigo.

Mas quem será que define se a Balaclava é necessária ou não? É o que veremos no tópico a seguir!

Definindo se o EPI é adequado

O processo de definição para saber se a Balaclava é necessária ou não para os funcionários da sua empresa deve partir do PPRA.

PPRA é a sigla para Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, projeto definido pela NR 9. Tem como principal objetivo promover a saúde e a segurança dos trabalhadores dentro do ambiente de trabalho.

Mas como isso se dá?

Segundo o Ministério do Trabalho, para que o PPRA seja implementado com eficiência, deve seguir as seguintes etapas de implementação:

  1. Antecipação e reconhecimento dos riscos ambientais (físicos, químicos e biológicos);
  2. Planejamento das medidas de controle dos riscos;
  3. Elaboração de ações preventivas;
  4. Monitoramento qualitativo e quantitativo do ambiente
  5. Registro e divulgação dos dados
  6. Cronograma de execução das prioridades
  7. Desenvolvimento do documento base
  8. Documento base e relatórios anuais
  9. Laudos técnicos

Após a identificação e reconhecimento dos riscos ambientais, é hora de colocar em prática Medidas de Controle dos Riscos.

Essas medidas podem ser aplicadas em três momentos: na fonte do risco; no percurso entre o risco e o trabalhador (no ambiente) e por último, no próprio trabalhador (receptor).

É neste último momento que entram os EPIs: quando todas as medidas de controle de risco anteriores já tiverem sido tomadas e não forem suficientes.

Se dentre os riscos identificados estiverem aqueles os quais a Balaclava oferece resistência, então este EPI certamente será recomendado, juntamente com os demais itens de proteção.

Como escolher a melhor Balaclava?

Por se tratar de um Equipamento de Proteção Individual, o fornecimento da Balaclava deve ser feito pelo Empregador. Já o trabalhador fica responsável por cuidar e guardar o equipamento sempre em segurança preservando sua vida útil.

Na hora de comprar, leve em consideração três coisas:

  1. Os riscos aos quais você necessita de proteção;
  2. O fabricante do produto, se é confiável;
  3. A Loja de EPIs que você está adquirindo os produtos.

O primeiro ponto é óbvio: procure identificar, entre as Balaclavas disponíveis, as que fornecem o máximo de proteção para os riscos que você busca. Se é risco de chamas; de variação de temperatura; de choques elétricos, etc.

O segundo item é fundamental para que você tenha certeza de que está adquirindo um produto de qualidade. Não prestar atenção nisso pode resultar em risco para a saúde do trabalhador e recompra (perda de dinheiro) para o empregador.

Já o terceiro item é essencial para que você tenha certeza de que pode confiar na marca que a Loja de EPIs está lhe apresentando. O único contato que você pode ter com as melhores marcas do mercado será através do seu distribuidor de EPIs.

Escolha com cuidado!

E aí, ficou claro pra você o que é a Balaclava?

Este equipamento pode até ter uma aparência mais frágil e simples se compararmos com capacetes e calçados de segurança, por exemplo. No entanto, oferece uma proteção de igual importância e por isso deve ser incluído para a Segurança do Trabalho!

Confira as nossas opções de Balaclava e conte sempre com a Prometal EPIs.

Até o próximo post.

Continue a sua leitura com o artigo Conheça os EPIs para Bombeiros.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.