Blog   EPIs   22 de março de 2022

Luvas para a Proteção Química: Qual escolher?

Tempo de Leitura: 6 minutos
Luvas para a Proteção Química

O uso de luvas para a proteção química é de extrema importância na rotina de alguns profissionais, visando a preservação da integridade de suas mãos na rotina de trabalho.

Encontrar as luvas ideais para sua rotina é um cuidado importante para a prevenção de acidentes. De modo que seja fácil utilizar o equipamento, sem que elas dificultem o manuseio dos itens de sua jornada de trabalho.

Além disso, as luvas devem proteger da ação dos químicos utilizados pelo trabalhador no cotidiano. Evitando que em caso de derramamento ou qualquer problema com o produto químico, suas mãos sejam machucadas. 

Escolher o tipo certo de luvas para a proteção química é indispensável para a manutenção da proteção de sua equipe. Por este motivo, no artigo de hoje, iremos falar mais sobre este importante EPI e como escolher o mais adequado. 

Tenha uma ótima leitura!

Conheça diferentes opções de luvas para a proteção química

Elencamos aqui os principais tipos de luvas para a proteção química e suas características, para que você saiba qual escolher. Confira a seguir.

  1. Luvas de Neoprene

As luvas de Neoprene são fabricadas com borracha sintética e são muito utilizadas em diferentes tipos de indústria, inclusive a indústria química.

Uma vez que servem como luvas para a proteção química oferecendo resistência a altas e baixas temperaturas, são maleáveis e secam com facilidade além de ser impermeável. 

Por também ser antiderrapante, essa luva oferece bastante proteção para as mãos, facilitando o manuseio dos produtos químicos. 

  1. Luvas de PVC

As luvas de PVC são muito utilizadas em rotinas que lidam com materiais corrosivos e manuseio de ácidos no cotidiano de trabalho.

Além de ser bastante resistente, a luva protege contra cortes leves, produtos abrasivos e produtos químicos. Sendo uma boa aliada para quem busca luvas para a proteção química.

  1. Luvas Nitrílicas

Esse tipo de luva é resistente a diversos produtos químicos e abrasivos, além de ser um material reutilizável.

Por isso, a luva é muito utilizada na indústria química, automotiva e alimentícia, contribuindo para a máxima segurança dos colaboradores.

  1. Luvas de Látex Natural

Esse tipo de luva possui grande flexibilidade e é resistente contra alguns produtos bem específicos, como ácidos e álcool. O que permite o uso na rotina de trabalho de alguns profissionais que atuam na indústria química.

O único porém deste tipo de luva, é que algumas pessoas possuem alergia ou uma certa sensibilidade ao látex e, nestes casos, as opções anteriores acabam sendo mais vantajosas.

Escolha as luvas para a proteção química de acordo com o risco

Na hora de comprar as luvas para a proteção química de seus colaboradores, é indispensável conhecer quais são os riscos aos quais eles estão expostos diariamente.

De modo que, isso seja um fator definidor de sua aquisição. Entendendo bem os riscos de acidentes no local de trabalho que poderiam expor as mãos dos colaboradores, é possível escolher a melhor luva em proteção e custo benefício.

Justamente para que as luvas para a proteção química sejam eficazes, evitando acidentes de trabalho como parte da sua rotina.

É indispensável que a empresa tenha o devido cuidado com sua equipe, adquirindo luvas apropriadas para a rotina de trabalho dos profissionais.

Tendo em vista que, as luvas para a proteção química precisam ser confortáveis de usar e fazer parte da rotina. Não adianta apenas a empresa fornecer o equipamento e permitir que os profissionais trabalhem sem usar as luvas devidas.

Uma vez que, em caso de acidente com o colaborador que não está usando a luva no horário de trabalho, esse profissional será afastado e dependendo da gravidade poderá não voltar a ocupar seu cargo. 

Mesmo a empresa tendo fornecido material de proteção, após um acidente o profissional poderá processar a empresa. Portanto, é sempre interessante cobrar o uso para evitar contratempos.

Observe o tipo de luva para cada setor de sua empresa

Quando o assunto são luvas para a proteção química, é importante que cada setor tenha suas necessidades respeitadas. Dessa forma, os profissionais deverão ter acesso aos melhores EPIs para a rotina de trabalho.

Garantindo assim, que possam contar com um equipamento de segurança que realmente os protege no cotidiano, sem causar desconfortos para suas mãos, por exemplo. 

Também é importante que os trabalhadores possam ter a substituição das luvas de acordo com o desgaste que o material sofre. Em cada setor da empresa, o nível de desgaste se altera de acordo com a demanda de trabalho exigida de cada profissional.

Portanto, é sempre útil que a equipe esteja sendo bem supervisionada, para que os EPIs sejam substituídos em tempo hábil e nenhum acidente ocorra por causa de um equipamento ineficiente.

Além disso, é interessante conversar com os profissionais sobre a facilidade de trabalhar utilizando aquela luva em específico. Dependendo de qual é o trabalho executado, existem múltiplos modelos de luvas que podem auxiliar na proteção individual. 

E encontrar o tipo de luva que, além de oferecer a proteção esperada, melhor atende à respirabilidade das mãos, não escorrega durante o trabalho e ser maleável, fará toda a diferença na produtividade.

Quando o profissional trabalha com o máximo de conforto em relação aos seus EPIs, é possível ter um resultado de produtividade elevada.

Contribuindo para que a rotina da empresa seja melhorada por um simples ajuste no tipo de material que está sendo usado para o trabalho. E isso se reflete inclusive na satisfação que o profissional tem em fazer parte de uma equipe que entrega bons resultados.

Ter profissionais que se sentem ouvidos, respeitados e bem tratados pela empresa garante uma relação em que a empresa valoriza o profissional e ele valoriza seu emprego. E isso é extremamente benéfico para ambos os lados.

Aumente a segurança com truques básicos

Algumas informações são úteis como dicas adicionais para aumentar a segurança da sua equipe, por exemplo:

  • É preciso que todos os profissionais retirem anéis, alianças, relógios e pulseiras para trabalhar, seguindo a norma NR32. Além de seguir a regra, é importante entender que esses acessórios aumentam o risco de que a luva seja danificada e não cumpra seu papel;
  • Quem utiliza luva de látex nunca deve colocá-la com as mãos úmidas de álcool, tendo em vista que ocorrerá um dano;
  • As luvas sempre precisam encaixar perfeitamente nas mãos para que realmente cumpram seu papel de proteção;
  • É importante que as luvas sejam trocadas de acordo com a frequência de uso, afinal, elas sofrem danos a cada uso e isso compromete a eficiência na proteção das mãos em caso de acidente com agentes químicos;
  • Respeitar as instruções do fabricante em relação ao uso e manutenção das luvas é indispensável para a segurança de quem utiliza luvas como EPI;
  • A forma de limpar e armazenar as luvas após o uso altera por completo sua vida útil, podendo prolongar ou diminuir de acordo com as condutas adotadas;
  • A empresa sempre deve fornecer material de proteção compatível com a função do colaborador.

Além de seguir essas dicas para o uso das luvas ser otimizado na empresa, vale a pena conversar com a equipe.

Afinal, os profissionais tendem a ter opinião sobre as luvas, podendo relatar se elas são boas, se estão incomodando e outros detalhes em relação a experiência de uso.

De modo que, esses feedbacks possam orientar o profissional que é responsável pela compra das luvas. O que faz toda a diferença em relação ao cotidiano de trabalho com o uso deste equipamento.

Manter os profissionais satisfeitos com os equipamentos de proteção, ajuda a dar conforto para o dia a dia e consequentemente aumenta a produtividade da equipe.

Sempre procure bons fornecedores para EPI

Toda empresa que necessita fornecer EPI para sua equipe, deve ter o cuidado de procurar por bons fornecedores, que agreguem qualidade e tecnologia aos equipamentos.

Tendo em vista que, equipamentos com um bom custo benefício e que são confortáveis de usar no cotidiano, aumentam a segurança dos profissionais.

Justamente por serem fáceis de usar e confortáveis, a equipe tende a aderir ao uso correto, evitando uma série de acidentes que poderiam ocorrer no dia a dia de trabalho.

Isso é interessante para que os profissionais se sintam valorizados, recebendo EPI de qualidade. Bem como, se sintam confortáveis fazendo o uso de um equipamento pensado para o cotidiano.

É indispensável analisar o custo benefício para a escolha do fornecedor de seus EPIs, garantindo que a equipe tenha a máxima segurança em suas atividades.

Além de escolher bons produtos, é importante estar atento aos tamanhos comprados. De forma que, o EPI possa se encaixar perfeitamente ao tamanho do profissional e proporcionar conforto no uso.

Agora que já sabe mais sobre luvas para a proteção química, não erre na compra desse EPI tão importante para sua equipe! 

É indispensável ser assertivo nesse tipo de aquisição para ter bons resultados e evitar problemas futuros com profissionais insatisfeitos ou que sofreram acidentes.

Aqui na Prometal EPIs você garante as melhores marcas de luvas para proteção química com o melhor custo benefício.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.