Blog   EPIs   19 de outubro de 2021

EPIs para Indústria: Conheça os equipamentos e materiais de segurança industrial!

Tempo de Leitura: 6 minutos

EPIs para indústria, EPCs, materiais de segurança industrial. Essas palavras são muito comuns para falarmos da segurança do trabalhador em áreas industriais, onde os operários estão expostos diariamente e o dia todo a situações desafiadoras.

Por isso, que esses dispositivos de segurança foram criados. Como forma de prevenção e proteção caso ocorra um acidente. Como os cintos de segurança que já evitaram dezenas de mortes desde a sua idealização.

E as faixas sinalizadoras, que alertam os trabalhadores que aquela área não se pode ultrapassar, ou não está segura para a locomoção próxima.

Os EPIs para indústria são uma ferramenta de mão dupla, pois ajudam o trabalhador a desenvolver a sua atividade de forma mais tranquila e segura; E a empresa a qual trabalha, segue crescendo a todo vapor sabendo que os seus colaboradores estão bem, estão protegidos.

Mas você conhece todos os dispositivos, todos os equipamentos, materiais de segurança, EPCs e EPIs para indústria?

Vamos conhecer todos os equipamentos imprescindíveis para as áreas industriais.

Esta é uma ótima forma de conhecer e aprimorar o ambiente de trabalho ao qual você trabalha. Desde o chão da fábrica até os escritórios. Pois todos os lugares onde trabalham, necessitam de segurança.

Diferença de EPI e EPC

Os dispositivos mais comuns que estão na boca de todo o trabalhador são os EPIs para indústria. Que são óculos, luvas, calçados de segurança e outros.

Mas o que são os EPCs?

Muitos trabalhadores utilizam, mas não sabem quais são e que devem ser bem conservados. Então qual a diferença entre os EPCs e os EPIs para indústria?

EPIs, como o próprio nome diz, é um equipamento de proteção individual. Já os EPCs, são equipamentos de proteção coletivas.

Entenda mais agora.

Os principais EPCs para indústria

O objetivo de um EPC é de cuidar da segurança de mais de um colaborador de uma só vez. A NR9 e a NR4, por exemplo, deixam claro que os equipamentos de proteção coletiva devem ser empregados na indústria.

Como um corrimão, por exemplo, que é um dispositivo para cuidar de toda segurança dos que passam por uma escada. Por serem de uso coletivo os EPCs devem ser conservados por todos.

Deve ser mantido e fazer manutenções sempre que houver necessidades das mesmas.

Conheça agora alguns EPCs para a Indústria.

Corrimão

O corrimão é o equipamento que serve de apoio das mãos para todos ao descerem as escadas. É uma infração, uma penalidade utilizar escadas ou rampas sem usar o corrimão. Ele não é um artigo de luxo para enfeitar as paredes.

Serve para orientar e, também, quando os trabalhadores escorreguem ou tropeçam nas escadas, possam ter em o que segurar. Evitando uma queda que pode levar ao óbito.

Ventilação

Uma ventilação adequada também é um equipamento de proteção coletiva. Pois mantém o ar sempre circulando, evitando o acúmulo de resíduos no ar próximos ao trabalhador.

Muito usado em áreas onde o calor é excessivo. Como em áreas de siderurgia, onde o processo de fabricação do metal gera bastante calor.

Ventilações em tetos e em telhados, são bastante comuns em galpões. Além de grades em sua volta para manter a circulação do ar.

Exaustores

Mas voltado para área da soldagem, os exaustores servem para sugar os fungos metálicos provenientes dos processos de soldagem.

Há diversos modelos para os aplicarem. Modelos onde há  linhas de tubulação por toda a indústria, há opções de exaustores de teto e modelos compactos e móveis.

Servem para que esses fungos e provenientes da soldagem não possam ser inalados pelos trabalhadores.

Piso antiderrapantes

Os pisos derrapantes servem para evitar escorregões, deslizes por causa de água da chuva ou de uma limpeza recorrente no ambiente. São muito encontrados em escadas, em rampas, em plataformas, cozinhas, etc.

Linha de vida

A linha de vida ou cabo de vida, é um instrumento essencial para o trabalho em altura, pois os trabalhadores quando não encontram uma forma de atracarem o cinto de segurança, eles utilizam da linha de vida.

Que nada mais é, que um cabo de aço adequado para que os trabalhadores atraquem cinto de segurança ao trabalharem em altura, em telhados.

Faixas de seguranças

As faixas de segurança, como as faixas dos pedestres, faixa do ciclista, as demarcações do transporte de cargas de descargas de caminhões. São ótimas formas de sinalizar os locais mais seguros para a passagem de cada tipo de veículo ou pedestre.

Descubra agora os EPIs essenciais para as áreas industriais.

Principais EPIs para indústria

Diferentemente dos EPCs, os EPIs para indústria, são de utilização única. Eles visam proteger somente o trabalhador que está utilizando-o. 

Inclusive, é algo óbvio, mas em que em muitas empresas não ocorre: cada colaborador deve possuir o seu EPI, não podendo ser emprestado de um para outro colega.

Veja quais são os principais modelos!

Capacetes de Segurança

Os capacetes servem para proteger a cabeça do trabalhador. Isso não significa que o trabalhador pode se atirar no chão e sair ileso, eles apenas diminuem os riscos de uma fatalidade.

Deve-se ensinar o trabalhador a utilizar a jugular. Pois se ocorrer uma queda do trabalhador e ele estiver sem a sua jugular, o capacete sairá de sua cabeça e ele ficará totalmente desprotegido em sua queda.

Óculos de Segurança

Os óculos servem para a proteção dos olhos, uma parte muito sensível do nosso corpo. Proteger contra projeção de partículas físicas e químicas, contra gases, raios ultravioletas e infravermelhos. Onde esses riscos são presentes, torna-se indispensável a sua utilização.

Protetores facial

Para utilização de ferramentas abrasivas, que geram fagulhas, é necessário a utilização do protetor facial, que protege todo o rosto do trabalhador, contra todo tipo de partículas de que poderia o prejudicar.

Respiradores

Os respiradores protegem o nosso sistema respiratório contra poeira, fumos metálicos, gases e vírus. Ele se torna indispensável principalmente na área da industrial onde há todos esses riscos presentes.

Deve-se utilizar o EPI certo para a sua tarefa, já que cada um tem a sua função. Descobrir suas competências, irá prevenir futuras doenças ocupacionais. 

Ele é um dos EPIs mais importantes e, em plena pandemia da Covid-19, deve ser utilizado desde a saída de casa até a sua volta.

Avental

Em algumas áreas, deve-se utilizar os aventais para proteção da maior parte do corpo. Cada avental deve ser adequado para sua área de atuação.

Como por exemplo, um avental específico para a cozinha industrial, o macacão ou avental de couro de raspa para quem trabalha em toda área da soldagem.

Esse equipamento é de suma importância pois protege o corpo com um todo do trabalhador. Evitando contaminações, danos físicos e queimaduras.

Calçado de Segurança

Para manter os pés e tornozelos bem protegidos, deve-se utilizar os calçados de segurança adequados. Porque eles previnem danos físicos, como cortes e fissuras nos trabalhos, além de proporcionar conforto para a sua atividade, evitando torções.

Cinto de segurança

O cinto de segurança é de suma importância para o trabalho em altura. Considera-se trabalho em altura, toda atividade acima de 2 metros do nível inferior de acordo com a NR35, que é a norma regulamentadora do trabalho em altura.

Equipamentos de Sinalização para Indústria

Os equipamentos de sinalização listados abaixo também são considerados Equipamentos de Proteção Coletiva. Servem, na sua maioria das vezes, como um alerta para possíveis riscos presentes em um ambiente de trabalho.

Vamos ver abaixo alguns deles.

Cones de segurança

Os cones servem para demarcar uma área que não permita a utilização ou a transação de pessoas. Pois talvez trabalhadores estejam trabalhando na área, ou há alguma descontinuidade no local que pode gerar um acidente.

Eles podem ser usados também, como forma de alerta de um perigo temporário, como um chão molhado, por conta da higienização.

Fitas zebradas

As fitas zebradas servem como forma de delimitação de um espaço de segurança. Com objeto de isolamento de uma área perigosa, ou que está interditada por um certo período.

Aconselhando o trabalhador a evitar aquela área, como por exemplo, árvores que estão sendo podadas, ou que estão prestes a cair.

Placas de sinalização

As placas como no trânsito são a título de informação e direcionamento. Imagina se você só soubesse que tinha um quebra-molas na rua quando passasse por ele?

Por isso que as placas de sinalização existem. Para indicar o melhor caminho, principalmente em caso de emergência. São obrigatórias, e você também encontra aqui na Prometal EPIs. 

A mão na roda da segurança

Gostou de conhecer um pouco dos materiais de segurança, EPCs e dos EPIs para indústria? Aqui na Prometal EPIs você encontra todos os EPCs, materiais de segurança e os EPIs para indústria.

É uma mão na roda para cuidar da vida dos colaboradores e fazer uma empresa crescer sobre os alicerces certos.

Compartilhe com seus colegas!

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.