Blog   EPIs   22 de novembro de 2023

Lista de Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado

Tempo de Leitura: 5 minutos
Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado

Conhecer os equipamentos de proteção para espaços confinados é uma consideração essencial para garantir a proteção dos funcionários que exercem funções nesses ambientes.

Portanto, os cuidados, incluindo o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) e equipamentos de proteção coletiva (EPC), devem ser definidos de acordo com a especificidade de cada espaço confinado e o tipo de trabalho realizado.

Dessa forma, você vai precisar contar com o programa de gerenciamento de riscos, por exemplo, além de levar em consideração uma série de normas regulamentadoras importantes. Bem, se você deseja saber mais sobre este assunto, fique de olho!

Neste conteúdo, esclarecemos a importância da utilização desses itens em espaços confinados e elaboramos um checklist de cada uma das linhas de equipamentos que devem ser utilizados nesses locais. Verifique!

Definição de Espaço Confinado

Espaços confinados são todos os ambientes que se caracterizam pela falta de ventilação adequada, falta de mobilidade, poucas vias de entrada e saída, etc. Portanto, são ambientes que apresentam muitos riscos à saúde e/ou segurança dos trabalhadores.

Uma das principais razões para que um ambiente seja denominado dessa forma é também a possibilidade de altas concentrações de gases poluentes. Além de ser frequentemente tóxico, a falta de ventilação pode, portanto, fazer com que o risco se acumule.

Segundo a NR 33, norma responsável pela regulamentação da segurança do trabalho em Espaços Confinados (veremos mais sobre ela a seguir), podemos definir estes ambientes da seguinte forma: 

33.1.2 Espaço confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para habitação humana contínua, com acesso e saída limitados, onde a ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes, ou onde possa existir deficiência ou enriquecimento de oxigênio.

Assim fica evidente que nenhum espaço confinado é projetado para a permanência humana. Mesmo assim, é inevitável que algumas atividades sejam realizadas nestes ambientes. Afinal, esses espaços também precisam ser limpos, ou poderão conter máquinas que eventualmente precisarão de manutenção, e por aí vai.

Seguir corretamente tudo que diz a NR é fundamental para que sejam aplicadas as medidas de controle de risco que buscam eliminar ou minimizar os agentes. Por isso, vamos ver mais sobre o que diz a norma logo a seguir.  

NR 33

Esta norma regulamentadora foi projetada para fornecer todas as características dos Espaços Confinados a fim de capacitar os trabalhadores responsáveis para fazerem a identificação, análise e avaliação destes ambientes.

Além disso, determina também todas as normas de gestão dos riscos ocupacionais, bem como as precauções de segurança e saúde para os trabalhadores que atuem com estes locais, seja direta ou indiretamente.  

A NR deverá ser seguida por todas as empresas que possuírem esse tipo de ambiente em suas instalações. O não cumprimento da mesma pode acarretar em multas e processos judiciais, sem contar que estará colocando os trabalhadores frente a muitos riscos graves.

Todas as responsabilidades, tanto do empregador quanto do trabalhador, são descritas no item 33.3. A começar pelos deveres da companhia, que deverá escolher o pessoal técnico responsável pela execução das responsabilidades especificadas neste item. 

Além disso, a empresa também deverá garantir que a gestão de riscos ocupacionais inclua todas as medidas preventivas necessárias. Sinalização de segurança, treinamentos, fornecimento de EPIs e EPCs, tudo isso também são deveres do empregador. 

Já os trabalhadores, estes também precisam fazer a sua parte, como: cumprir as orientações recebidas nos treinamentos e os procedimentos de trabalho previstos na Permissão Entrada de Trabalho; utilizar adequadamente os equipamentos fornecidos pela organização; comunicar ao vigia da entrada as situações de risco para segurança e saúde dos trabalhadores e terceiros, entre outros.

Ainda nessa lista, também se encontram as responsabilidades do vigia da entrada, entre outros profissionais indispensáveis na equipe de espaço confinado. 

Riscos do Espaço Confinado

Os profissionais que trabalham em espaços confinados estão diretamente expostos a riscos de gravidade e natureza variadas. As causas mais comuns estão relacionadas a oxigênio insuficiente ou excessivo, temperaturas altas ou baixas, e intoxicação química. 

Além desses fatores, há o potencial de incêndio ou explosão, bem como afogamento, quedas (de objetos ou do próprio trabalhador) e choque elétrico. Portanto, podemos elencar os principais riscos do espaço confinado da seguinte forma:

  • Asfixia, Intoxicação e Infecção: Como os espaços confinados não possuem ventilação adequada para dispersar os agentes biológicos e químicos presentes no ambiente, os trabalhadores podem se infectar, envenenar ou até sufocar por falta de oxigênio ou pela presença de gases;
  • Afogamento: Encanamento, tubos de água e tanques são exemplos de ambientes de trabalho em espaço confinado. Nesses locais, há risco de ruptura, potencialmente inundando o espaço, resultando no afogamento dos profissionais presentes;
  • Incêndio ou explosão: Incêndio e explosão representam um risco significativo para os profissionais que trabalham em espaços confinados devido à presença de vapores e/ou gases inflamáveis;
  • Sepultamento: Na construção civil, mineração e silos, os profissionais que trabalham em espaços confinados correm o risco de serem soterrados.Este é um risco grave, porque é precisamente pela natureza do espaço que os trabalhadores são limitados na sua produção; 
  • Outros riscos: quedas, hipóxia ou hipóxia, fobias, exposição a temperaturas extremas, eletrocussão, ingestão e contato com animais venenosos ou infectados.

É justamente para a proteção desses riscos listados acima que os Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado são tão importantes. 

Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado

A principal razão para a aquisição de equipamentos para espaços confinados é garantir a proteção dos trabalhadores contra acidentes de trabalho que podem levar a lesões, ao desenvolvimento de doenças ou, em casos mais graves, à morte de um funcionário.

Além disso, as empresas também devem fornecer aos trabalhadores treinamento específico para poder realizar esse tipo de trabalho, pois esse é um requisito essencial para permitir a entrada em espaços confinados. Durante o treinamento, eles aprenderão sobre os riscos envolvidos e as medidas de segurança que devem ser tomadas.

Também é importante que as empresas cumpram determinados regulamentos específicos. A primeira é a NR 33 do Ministério do Trabalho, que vimos acima. Essa norma é mais geral e trata o espaço como um todo, trazendo consigo regras básicas que devem ser seguidas.

A segunda é a Norma Regulamentadora Brasileira (NBR) 16577:2017 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que traz mais detalhes sobre o assunto, incluindo equipamentos, sistemas e procedimentos de segurança para trabalho em espaços confinados.

Ou seja, seguir as regras é uma medida fundamental para as empresas reduzirem riscos e acidentes, além de evitar problemas durante fiscalizações ou ações trabalhistas.

Vamos ver abaixo os principais Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado, segundo a norma técnica. 

EPIs para Espaço Confinado 

Dentre os principais EPIs para Espaço Confinado, temos:

  • Cinto de Segurança para Espaço Confinado;
  • Capacete de Segurança;
  • Botinas de Proteção;
  • Respiradores;
  • Luva de Segurança;
  • Entre outros.

A definição de quais EPIs serão utilizados deverá partir do programa de gerenciamento de riscos, já que existem diferentes tipos de Espaços Confinados, com diferentes riscos cada. 

EPC para Espaço Confinado

Dentre os principais EPCs para Espaço Confinado, temos:

  • Tripé para Espaço Confinado;
  • 3way;
  • Dutos insufladores;
  • Sinalização de Segurança;
  • Iluminação para Espaço Confinado´;
  • Exaustores;
  • Detectores de Gás; 
  • Intercomunicadores;
  • Entre outros.

Demais itens de Segurança para Espaço Confinado

Como você viu, são muitos os Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado e, a lista não para por aí. Existem outros itens igualmente importantes mas que, por uma questão de especificações técnicas, não podem ser enquadrados nem como EPI nem como EPC.

São eles:

  • Cordas;
  • Fitas;
  • Trava-quedas;
  • Talabartes;
  • Fecho mosquetão;
  • Entre outros.

Espaço Confinado é assunto sério!

E deve ser sempre levado em consideração. É fundamental investir em bons Equipamentos de Proteção para Espaço Confinado, pois só assim será possível oferecer proteção aos trabalhadores para os riscos encontrados no ambiente.

Lembrando que nem todos os riscos são passíveis de serem eliminados e, por isso, a utilização de EPIs se faz tão necessária. Procure adquirir os produtos em empresas especializadas e aproveite as melhores condições. 

Conte sempre com a Prometal EPIs.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.