Blog   Segurança do Trabalho   04 de outubro de 2022

Cultura da Prevenção de Acidentes de Trabalho

Tempo de Leitura: 3 minutos

Um dos deveres mais desafiadores das empresas é prevenir os riscos que os colaboradores enfrentam durante a realização de atividades que comprometam a saúde, a integridade física e a segurança de todos. 

Nesse contexto, é necessário implementar uma cultura efetiva de prevenção por meio de um conjunto de ações, atitudes, comportamentos e sistemas de segurança compartilhados por todos na organização para reduzir e evitar esses perigos.

A cultura de prevenção tem como objetivo potencializar a adoção de medidas preventivas e de segurança, agregar valor à empresa e manter um ambiente de trabalho em conformidade com as normas regulamentadoras. 

Pensando em ajudar você nessa questão, criamos este conteúdo para mostrar como aplicar a cultura da prevenção na sua rotina profissional. Boa leitura! 

Qual a importância de uma cultura de prevenção? 

Uma cultura de prevenção pode trazer uma série de benefícios para trabalhadores e empresas. Tais como:

  • reduzir o risco de acidentes; 
  • aumentar a confiança e o conforto dos funcionários; 
  • maior produtividade, com menor rotatividade sabendo que trabalham para uma empresa que se preocupa com a saúde e integridade física de seus colaboradores; 
  • ser mais competitivo, considerando que todos irão juntos;
  • incentiva os colaboradores para compartilhar das metas e objetivos da empresa; 
  • a empresa tem maior reputação no mercado;
  • menores chances de multas e processos judiciais para a empresa.

Isso tudo é importante porque o nosso país ainda ocupa a quarta posição em mortalidade devido a acidentes de trabalho. Ficamos atrás somente da China, Índia e Indonésia, com o registro de 8 óbitos a cada 100 mil vínculos empregatícios no período de 2002 a 2020.

Em oito anos, o Brasil registrou 5,6 milhões de doenças e acidentes de trabalho, incorrendo em mais de 100 bilhões de reais em custos previdenciários. Se tratando apenas do ano passado, o número total de benefícios para doenças mentais (como depressão e ansiedade) devido ao Covid-19 atingiu 289.000.

Este é um aumento de 30% em relação aos 224.000 registros em 2019. As ocupações mais relatadas nos registros incluem: Técnico de Enfermagem (9%), Zelador (5%), Auxiliar de Escritório (3%), Segurança (3%), Trabalhador de Varejo (3%) e Linha Elétrica. 3%). O setor saúde tem sido um dos acidentes de trabalho mais notificados aos órgãos públicos.

Como você pode ver, é visível a necessidade do investimento em segurança do trabalho. Apostar em uma cultura da prevenção é fundamental para diminuirmos esses números e evitar muitos casos graves ou até mesmo fatais. 

Aplicando a Cultura da Prevenção na sua companhia

Abaixo, você verá algumas dicas para criar essa cultura em sua organização.

Incentivar o uso de equipamentos de proteção individual 

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são fornecidos pelos empregadores aos funcionários, mas é muito importante incentivar a utilização desses equipamentos, mostrando a relevância de cada projeto para o desenvolvimento seguro de suas atividades. Isso porque muitas vezes eles não são utilizados como deveriam. Além disso, os funcionários precisam saber como fazer o uso, higienizá-los e armazená-los para que permaneçam intactos o tempo todo. 

Treinamentos em equipe 

É muito importante realizar treinamentos com os trabalhadores quanto aos EPIs utilizados. Nesse intuito, as empresas podem promover cursos, treinamentos e outras ações como forma de incentivar a prática de políticas de prevenção de acidentes. Outro ponto importante é ensinar a todos os membros da equipe como agir em situações de perigo durante suas funções.

Incentive a interação dos colaboradores

Além de realizar os treinamentos necessários, é importante enfatizar aos colaboradores a importância de aprender e colocar em prática tudo o que é ensinado. Dessa forma, a implantação de uma cultura de prevenção requer um esforço conjunto entre trabalhadores e gestores. 

Riscos bem Sinalizados

Também é relevante deixar bem claro aos colaboradores sobre os riscos iminentes à segurança e saúde dos mesmos. Afinal, esse comportamento pode minimizar incidentes e reforçar a necessidade do uso de EPIs disponíveis. 

Para fazer isso, você precisa prestar atenção aos seguintes aspectos: 

  • Planejamento adequado da estrutura organizacional; 
  • Construir supervisão técnica e outros processos; 
  • Orientar e esclarecer as preocupações da equipe e focar nas atividades de trabalho;
  • Investigar e corrigir violações quando descobertas; 
  • Avaliar, fornecer feedback e continuar valorizando as melhorias.

Conseguiu entender o que é a cultura de prevenção, sua finalidade e importância?

Então, aproveite para colocar as dicas apresentadas em prática e manter um ambiente laboral seguro e saudável para toda equipe. Esse cuidado vai ser importante para que trabalhadores e empresa possam atuar juntos e de maneira engajada em prol dos objetivos do negócio.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.