Blog   EPIs   06 de setembro de 2023

Conheça os modelos de Bota para Eletricista

Tempo de Leitura: 5 minutos
Bota para Eletricista

A bota para eletricista (ou melhor, botina para eletricista, como seria corretamente dito) é um EPI importante, que tem como objetivo resguardar o profissional em caso de descarga elétrica.

Portanto, deve ser um material adequado para a rotina de trabalho, respeitando a demanda individual do profissional.

Que precisa ter o máximo de conforto em seu uso e que deve ter o isolamento necessário para manter o corpo seguro em caso de contato com área eletrificada.

Nós vamos te explicar quais são os principais modelos de bota para eletricista a seguir. Para que saiba como comprar o EPI de forma correta.

Bota para eletricista: calçado de segurança

A bota para eletricista é um modelo de calçado ocupacional, pensado para promover a máxima segurança caso o profissional entre em contato com piso eletrificado. Faz parte do grupo de calçados chamados “Botinas”, mas como é muito conhecido como “Bota”, trataremos assim neste artigo.

Mas lembre-se que nos referimos à Botinas de Segurança.

Voltando… Não é raro que em acidentes o profissional precise de toda proteção necessária para que não ocorra uma descarga sobre o corpo do eletricista. Garantindo que mesmo em cenário de acidente, o profissional esteja bem protegido pelo uso correto dos EPIs.

A bota para eletricista é um modelo que oferece resistência contra choques elétricos e que evita também escorregões no caso de trabalhos desenvolvidos em altura.

O calçado ocupacional também tem como objetivo conferir resistência para evitar ferimentos nos pés em caso de acidentes.

Portanto, precisa ser um modelo resistente e durável, para que possa ser usado todos os dias oferecendo alto grau de proteção durante seu período de validade.

Qual é o modelo ideal de bota para eletricista?

Em geral, o EPI utilizado para eletricista é uma Botina de Segurança, que cobre até a altura do tornozelo. O modelo é fabricado em material resistente a:

  • Objetos perfurocortantes;
  • Temperaturas elevadas;
  • Presença de produtos químicos;
  • Agentes abrasivos.

Além disso, o material precisa também ser capaz de isolar o pé do profissional em caso de choques elétricos e deve ter solado antiderrapante.

Mesmo quando o profissional não trabalha em altura, o solado adequado possibilita minimização de risco de acidente em caso de piso molhado.

Especificações técnicas da bota para eletricista

É importante perceber que as regras que se aplicam à bota para eletricista estão presentes na Norma Regulamentadora de número 6.

Possibilitando que o profissional responsável pela compra de EPI tenha um guia completo, analisando informações como:

  • O calçado não deve ter costuras em seu dorso;
  • Não é permitido ter nenhum componente de metal no calçado.

De forma resumida, é importante escolher um modelo que assegure toda a proteção necessária. Isso significa que o modelo precisa seguir todas as especificações técnicas determinadas na norma. A botina para eletricista deve:

  • Preferencialmente ser fabricada em couro preto, seguindo a coloração em seu interior;
  • O acabamento não deve ter cantos vivos ou apresentar falhas;
  • A costura a língua não pode permitir a passagem de água para o interior do calçado em dias de chuva forte;
  • O modelo escolhido precisa possuir o Certificado de Aprovação (CA), com data, lote e identificação do fabricante estampados em alto relevo na língua;
  • O calçado deve ter palmilha absorvente de fibra, com no mínimo 2 milímetros de espessura e tratamento antibacteriano;
  • A biqueira deve ser plástica ou em composite, com resistência mecânica e sem ressalto interno;
  • O solado deve ser antiderrapante em poliuretano com bidensidade 100%.

Essas características estão ligadas à segurança de sua equipe. Portanto, é interessante se atentar para cada um dos fatores descritos.

Possibilitando uma compra assertiva e que evita a necessidade de rápida substituição da peça adquirida.

Oriente a conservação da bota para eletricista

Além de investir em qualidade no momento da aquisição da bota para eletricista, é importante que a empresa oriente os profissionais em relação à conservação do material.

Tendo em vista que, a bota para eletricista só é segura e eficaz em caso de acidente quando efetivamente está em condições adequadas para uso.

Isso significa que a peça não pode ter furos ou danos expressivos. Além disso, é um modelo que deve ser confortável para que o profissional consiga atuar durante todo o expediente usando a peça.

Por isso mesmo, é importante comprar botas de tamanho adequado. Bem como, é útil escolher um modelo por seu custo benefício, visando durabilidade. Elencamos algumas dicas práticas para orientar sua equipe em relação à conservação, como:

1.  Fazer higienização periódica

O calçado de trabalho deve sempre estar limpo e em boa conservação para transmitir uma boa imagem da empresa e do próprio profissional.

Limpe periodicamente usando um pano macio umedecido em água. Após a limpeza deixe o material secando em local de sombra que seja bem arejado.

Dessa forma, é possível evitar odores desagradáveis e garantir um visual bem conservado para a peça.

2.  Utilize meias de algodão

Não é raro que o odor seja um ponto comentado pelos profissionais que usam calçados de proteção no dia a dia.

Usar meias de algodão limpas a cada dia é um segredo para evitar cheiro desagradável. Bem como, é possível utilizar talco e outros produtos para manter a sudorese excessiva sob controle. Deixar o calçado em local arejado todos os dias é um cuidado importante para evitar o mau odor.

3.  Use materiais apropriados para a conservação

A utilização de graxa para couro é interessante para manter o calçado com o couro bem hidratado e em boa condição de uso por longo período.

Possibilitando que a bota tenha maior vida útil. Com boa aparência e possa ser confortável para o uso diário.

4.  Forneça preferencialmente duas botas por profissional

É interessante orientar os profissionais para usar uma bota a cada dia. Possibilitando que a peça seque e o suor não seja um fator que cause odor desagradável.

Bem como, seja possível garantir mais conforto e higiene para a equipe. Evitando que o calçado ocupacional seja fonte de fungos e bactérias.

Além disso, é importante orientar a equipe que o calçado só deve ser usado na rotina profissional. Não devendo fazer parte do cotidiano de lazer do profissional.

Afinal, é preciso manter a conservação das botas para eletricista. Garantindo que a peça esteja em perfeito estado para o uso na rotina de trabalho.

Além disso, é importante orientar que a equipe informe imediatamente em caso de dano ao calçado. Para que ele seja rapidamente substituído evitando riscos por não estar com um calçado em perfeito estado durante a rotina de trabalho.

Conte com a Prometal EPIs

Seja qual for o EPI necessário para a sua rotina como eletricista ou para sua equipe de eletricistas, a Prometal EPIs oferece soluções!

Nossa equipe é treinada para te auxiliar a fazer a melhor compra possível. Garantindo que possa esclarecer eventuais dúvidas sobre material de proteção individual para quem lida com eletricidade no dia a dia.

Garantindo que possa sempre associar a máxima proteção e eficiência a preços justos e materiais de alta resistência.

Aproveite a praticidade de encontrar tudo que precisa em nossa página, para fazer a compra de EPIs para seu uso ou para sua equipe.

Sempre se guiando pela máxima qualidade para que seja possível ter proteção, bom custo benefício e conforto nas peças adquiridas em nosso site.

Em nossas páginas sua equipe encontra não só a bota para eletricista, como os demais EPIs que o profissional possa precisar para uma rotina mais segura.

Viabilizando um trabalho eficiente e com a máxima minimização de riscos como parte da rotina do eletricista.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.