Blog   Notícias   12 de abril de 2023

Alteração na NR 33! Veja o que mudou sobre o espaço confinado

Tempo de Leitura: 2 minutos
Alteração na NR 33

No final do ano passado, entrou em vigor a mais recente alteração na NR 33 – norma regulamentadora responsável pela segurança em espaços confinados. Uma das principais alterações é quanto à identificação do Responsável Técnico destes ambientes. 

Com o novo texto, em vigor desde outubro de 2022, a escolha do profissional a tomar essa posição está mais rígida e detalhista do que nas exigências anteriores. Portanto, este é um ponto fundamental para as empresas relacionadas prestarem atenção. 

Vale lembrar que os Espaços Confinados são ambientes de grande risco para os trabalhadores, já que não são projetados para a permanência humana. Dessa forma, todo cuidado é pouco. Então se você tem dúvidas sobre este assunto, fique de olho neste artigo!

Aqui você vai entender melhor a última alteração na NR 33 e o que você deve fazer para adequar a sua empresa. Tenha uma boa leitura!

A mais recente alteração na NR 33

No dia 3 de outubro de 2022 entrou em vigor a última atualização da NR 33 até então, cujo principal ponto foi quanto ao Responsável Técnico das operações em espaços confinados. 

De acordo com o texto anterior, o profissional designado para esta vaga deveria ser um profissional habilitado que pudesse identificar estes ambientes e determinar as medidas de controle de risco para a proteção dos trabalhadores.

Ou seja, definia que fosse um profissional habilitado, mas não especificava qual a profissão deste profissional. Assim, nessas ocasiões, ocorria de diversos profissionais tomarem a frente sem possuírem de fato uma especialização específica.

Agora, com o novo texto, a mais recente alteração na NR 33 diz justamente que o Responsável Técnico deve ser além de um profissional habilitado. Deve ser um profissional qualificado em Segurança do Trabalho, para que possa executar o determinado no item 33.3.2 da nova NR 33. 

Portanto, desde outubro do ano passado, é dever da empresa informar quem será o Responsável Técnico, comprovando a qualificação em segurança do trabalho.

Espaços Confinados são perigosos!

Os espaços confinados são locais que são projetados para o acesso humano limitado, geralmente por motivos de segurança ou manutenção. No entanto, esses locais podem ser perigosos e, se não forem gerenciados corretamente, podem levar a acidentes graves ou mesmo a morte. 

Alguns dos riscos comuns em espaços confinados incluem:

  • Falta de ventilação adequada: os espaços confinados podem ter um fornecimento limitado de ar fresco, o que pode levar à asfixia.
  • Exposição a produtos químicos perigosos: muitos espaços confinados são usados ​​para armazenar produtos químicos perigosos, que podem ser inalados ou entrar em contato com a pele e causar danos à saúde.
  • Risco de incêndio ou explosão: os espaços confinados podem conter equipamentos que geram calor ou faíscas, o que pode levar a incêndios ou explosões.
  • Risco de queda: os espaços confinados podem ter plataformas ou equipamentos altos, o que pode levar a quedas se as medidas de segurança não forem tomadas.

É importante ter medidas de segurança adequadas e seguir todas as precauções recomendadas ao trabalhar em espaços confinados para minimizar esses riscos.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.