Blog   EPIs   26 de julho de 2022

2 anos de pandemia e a situação no mercado de EPIs

Tempo de Leitura: 5 minutos
mercado de EPIs

A situação no mercado de EPIs foi impactada pela pandemia? Assim como os demais setores, o segmento sofreu com alguns itens em falta, devido ao fechamento ou redução de produção de indústrias da área.

Afinal, a pandemia alterou a forma de trabalho e obrigou muitas empresas a diminuir o ritmo de produção para evitar muitos profissionais atuando no mesmo turno.

Esse processo desencadeou escassez de EPIs em todo o país, principalmente devido ao fato de que os anos precedentes da pandemia registraram aumentos significativos de vendas no setor.

Fazendo com que as empresas já atuassem com baixos estoques devido a demanda do mercado que estava adquirindo grande parte da produção.

Confira mais informações e entenda a situação no mercado de EPIs após 2 anos de pandemia, bem como, algumas projeções sobre o que esperar do setor.

Situação no mercado de EPIs: crescimento em época de pandemia

Mesmo com o mundo inteiro sendo impactado pela pandemia, muitas atividades essenciais não deixaram de ser prestadas no cotidiano. E por isso mesmo, todos os profissionais de tais áreas continuam precisando de seus EPIs tradicionalmente usados.

Prestadores de serviços elétricos, por exemplo, precisam de uma série de equipamentos de proteção e não tiveram redução significativa de carga de trabalho durante a pandemia.

Fazendo com que o mercado de EPIs continuasse atendendo uma demanda existente e com tendência de crescimento.

O mundo inteiro tem sido impactado pelas regras cada vez mais firmes em relação ao uso de equipamentos de proteção individual.

Países subdesenvolvidos estão em processo de industrialização e endurecimento de suas regras em relação ao uso de EPIs.

E obviamente isso impactou no mercado global, que continuou crescendo mesmo com a pandemia. No período de 2019 a 2020, por exemplo, a previsão era de 7,3% de crescimento do mercado de EPIs segundo pesquisa da Transparency Market Research.

Portanto, com empresas da área trabalhando em ritmo reduzido por causa das medidas sanitárias impostas em diversos setores da economia, a escassez de produtos dominou o mercado durante a pandemia.

Tendo em vista principalmente que, a demanda por EPIs de qualidade não deixou de existir por causa da pandemia. Afinal, alguns setores de atividades essenciais nunca foram paralisados e os profissionais de tais áreas continuavam necessitando de equipamentos de proteção individual.

Escassez somado à alta procura gera aumento nos preços

Ao longo dos últimos 2 anos de pandemia, o aumento de preços se instalou em todas as áreas de atuação e não seria diferente com os EPIs.

A produção e venda dos equipamentos de proteção se tornou mais cara, devido não só aos investimentos necessários para atender toda a demanda, como também aos cuidados sanitários necessários para manter a produção resguardando a saúde dos colaboradores.

Portanto, a escassez de produtos, somado à dificuldade de manter o ritmo produtivo crescente por causa das imposições sanitárias foram fatores de atuação ativa no aumento dos preços dos EPIs.

É importante lembrar que, o mercado de EPIs é extremamente reativo, o que significa que é um setor que oferece produtos de acordo com a demanda de mercado.

Mas que não necessariamente é um setor que de forma espontânea se atualiza ou inova. Na realidade, as inovações e atualizações surgem de acordo com demandas de equipamentos mais completos com o objetivo de proteger em cenários mais complexos de trabalho.

Diante disso, o setor apresenta mudanças significativas no aumento ou diminuição da produção de acordo com mudanças em normas que regem a utilização de equipamentos de proteção individual.

E isso não é apenas uma característica da indústria de EPIs nacional. Na realidade, o modelo de trabalho que reage diante das demandas é estabelecido em indústrias de EPIs em todo o mundo.

Ainda há escassez de EPIs?

Com o avanço da vacinação e diminuição da contaminação que ocasionou a determinação para o fechamento temporário de muitas empresas e indústrias, as cidades voltaram a funcionar de forma parecida com o período antes da pandemia.

E isso possibilitou que o mercado se readequasse, viabilizando a volta da produção habitual de EPIs visando atender a demanda existente.

A escassez já não é mais parte do cenário de EPIs no Brasil. No entanto, o mercado continua apresentando alta demanda que vem sendo suprida pelos fabricantes.

O mercado de EPIs está crescendo em nível mundial. Portanto, é natural que ao longo dos próximos anos exista muita demanda a ser suprida.

Especialmente por causa da industrialização de países em desenvolvimento, que requer o investimento em EPIs.

Fazendo com que muitos empresários requeiram materiais produzidos no Brasil para a exportação, com o foco em obter qualidade e rápido atendimento da demanda existente.

Portanto, é perfeitamente natural que mesmo em cenário de alta produtividade com a retomada das atividades em ritmo habitual após o enfraquecimento da pandemia, ainda existam dificuldades pontuais de abastecimento.

O que não se reflete em cenário de total escassez, criando apenas um cenário de competitividade pelo material disponível. Que obviamente, tende a se refletir nos preços dos produtos.

Afinal, com a pandemia grande parte da população passou a saber o que é um EPI por causa do uso de máscaras e passou a valorizar a proteção individual como parte do cotidiano, mudando completamente a mentalidade do público em relação aos produtos do setor.

Crescimento do mercado de EPIs deve ser acelerada até 2024

Com a industrialização e apelo de investimentos em diferentes países, o aumento na procura de EPIs é esperado até o ano de 2024, com forte crescimento no setor.

De modo que, todos os profissionais que passam a se inserir no mercado podem estar corretamente protegidos.

Essa demanda crescente em diferentes países poderá aquecer o mercado brasileiro, gerando investimento de outros países com o foco na aquisição de materiais brasileiros.

Portanto, é esperado que as indústrias nacionais de EPIs apresentem crescimento ao longo dos próximos anos, aproveitando a retomada econômica que ocorre não só no Brasil, para atuar no abastecimento nacional e exportação.

O cenário favorável para o setor faz com que muitos empresários apostem em investimentos no segmento de produção e venda de EPIs, possibilitando que as empresas se tornem mais capazes de atender a demanda existente no mercado nacional e externo.

Conte com a Prometal EPIs

Seja qual for o cenário que se concretizar para os próximos meses e anos, sua empresa poderá contar com a Prometal EPIs como sua parceira de confiança!

A equipe da Prometal EPIs atua com eficiência e afinco para manter os estoques de EPIs em níveis saudáveis, possibilitando atender a demanda de todos os clientes e parceiros.

De modo que, desabastecimento e eventual escassez não sejam repassados para os clientes. Possibilitando que todas as empresas que nos procuram para obter orçamento encontrem ótimos EPIs para atender a própria demanda interna.

Nossa equipe dispõe de especialistas para auxiliar a esclarecer dúvidas sobre as compras necessárias, bem como, auxiliar no processo de escolha de EPIs necessários para a equipe.

Sempre com o foco de oferecer a melhor qualidade associada ao processo de compras eficiente e prático. Encontre todos os EPIs que sua empresa precisa em um só lugar! Conte com equipe qualificada para atender sua demanda e facilite suas compras sem abrir mão de itens de alta qualidade.

Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


    Faça parte da nossa rede de contatos

    Estamos sempre em busca de novidades sobre equipamentos de segurança. Cadastre-se para recebê-las em seu e-mail.